Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • clarão—970×90
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • globalway (1)

Criada sindicância para investigar denúncias apontadas na Operação Kilowatt


Por Redação Clic Camaquã Publicado 10/01/2014
Ouvir: 00:00

O secretário-chefe da Casa Civil, Carlos Pestana, e o titular da Secretaria de Obras Públicas, Irrigação e Desenvolvimento Urbano (SOP), Luiz Carlos Busato, realizaram nesta sexta-feira (10), o anúncio da formação de uma sindicância para investigação da pasta, em relação ao apurado na Operação Kilowatt. Em 30 dias, um relatório apresentará uma avaliação sobre o trabalho realizado por três diretores da SOP para que sejam verificadas possíveis irregularidades. 

Foram afastados dos cargos que ocupavam na Secretaria, ainda nesta sexta-feira, Eli Pegoraro, Germano Dalla Valentina e Odir Baccarin. Uma comissão de sindicância, presidida por um membro da Procuradoria Geral do Estado (PGE) e formada por um auditor do Tribunal de Contas, um advogado, um engenheiro e um arquiteto da pasta foi formada na Secretaria de Obras ainda na quinta-feira. “O principal objetivo é fazer uma verificação na SOP, principalmente nas funções dos diretores citados no processo policial”, disse Busato. 

Nesta sexta-feira, o titular da SOP também recebeu um relatório parcial do trabalho realizado na Escola Oscar Pereira, uma das principais citadas na investigação. Busato apresentou uma cópia do processo da obra na escola que mostra a substituição das telhas e reformas em banheiros. O secretário destacou que irá pessoalmente até a instituição de ensino verificar a qualidade do serviço realizado. 

Conforme Pestana, o Estado possui mecanismos de controle e o fato de eventualmente haver problema em um universo de mais de 300 obras em andamento não deve comprometer o trabalho que a SOP está realizando. “Nós encontramos um Estado onde as crianças tinham aula em contêineres e nós nunca podemos esquecer isso. Este foi o desafio do secretário, de mudar a realidade da estrutura das nossas escolas”, afirmou. Ele ressaltou que, conforme orientação do governador Tarso Genro, o trabalho não sofrerá problemas de continuidade. “Daremos sequência ao andamento das obras. A secretaria irá se debruçar sobre os fatos paralelamente a policia. Dará continuidade à investigação e nós acreditamos que até o início de fevereiro o processo esteja concluído”, disse. 

Pestana afirmou que a posição do Governo é de apuração e investigação dos fatos. “O afastamento dos diretores é uma medida correta para a continuidade da investigação e não nos cabe nenhum juízo de valor. Todos os fatos devem ser esclarecidos. Não deve haver nenhuma dúvida. Os nossos mecanismos de controle que apresentaram os problemas que estão sendo apontados, e esse é o nosso objetivo”. 

Será sugerido ao governador Tarso Genro, na próxima segunda-feira (13) a substituição dos três diretores afastados temporariamente, e o nome do auditor João Carlos Almeida Santos, do Tribunal de Contas do Estado, para que seja o secretário adjunto da SOP durante o período de investigações, para que este possa auxiliar na sindicância realizada pela Secretaria, para que não haja dúvidas sobre o caso e se constate se houve alguma irregularidade nos processos apresentados.

 

Texto: Daiane Roldão


  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • clarão—970×90
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)