Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • clarão—970×90
  • 970×90 (3)
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)

Homem é morto a tiros em Porto Alegre

Vítima foi identificada como Bruno Gomes Boeira da Silva, de 22 anos


Por Eduardo Costa Publicado 19/12/2022
Ouvir: 00:00
Homem é morto a tiros em Porto Alegre
Homem é morto a tiros em Porto Alegre

Homem é morto a tiros em Porto Alegre. Ele foi assassinado no início da madrugada desta segunda-feira (19) na zona leste da Capital. De acordo com a Polícia Civil, a vítima é Bruno Gomes Boeira da Silva, de 22 anos.

Leia outras notícias de Polícia no Clic Camaquã:

Ele foi baleado no Beco do David, na Lomba do Pinheiro. Gabriel Casanova, delegado que atendeu o caso, a vítima foi encontrada dentro de um carro com marcas de três disparos de arma de fogo. Logo após os tiros, o veículo ainda andou por alguns metros até atingir o meio-fio da calçada.

A perícia esteve no local. Não há informações sobre a motivação do crime, que será investigado pela 1ª Delegacia de Homicídios da Capital.

Homem é morto a tiros em Porto Alegre

Outra notícia de Polícia no Clic Camaquã:

VÍDEO: Bombeiros retomam buscas no Arroio Duro pelo jovem David Soares

Bombeiros retomam buscas no Arroio Duro pelo jovem David Soares. A reportagem do Clic Camaquã e da Clic Rádio acompanhou com exclusividade a operação dos salva vidas na tarde deste sábado (17) na Ponte do CTG Camaquã.

O jornalista Eduardo Costa conversou ao vivo pelo Instagram do Clic Camaquã com o Sargento Dieferson, responsável pelo caso. Ele falou sobre o trabalho de buscas ao longo do Arroio Duro.

ASSISTA A ENTREVISTA EXCLUSIVA CLICANDO AQUI

Ponte do CTG

De acordo com o comandante da operação, a corporação solicitou à Associação dos Usuários do Perímetro de Irrigação do Arroio Duro (AUD) para que o canal fosse esvaziado. Por volta das 13h desta sexta-feira (16), a direção da AUD deu início imediatamente a uma operação para atender o pedido dos bombeiros e antes do entardecer, o arroio estava seco.

Arroio Duro

As buscas dos salva vidas iniciaram neste sábado (17). Quatro profissionais caminharam pelo canal da região do Complexo da Prainha, no bairro Jardim do Forte até as comportas da BR-116, no bairro Getúlio Vargas. O trabalho foi acompanhado por familiares e amigos, mas nenhum vestígio do jovem foi encontrado.

“Vamos permanecer no Arroio Duro até o entardecer, quando a AUD vai liberar novamente as águas da barragem”, afirmou o sargento.

Arroio Duro

AUD grande parceira nas buscas

O sargento afirmou na entrevista a fundamental parceria que os bombeiros possuem com a AUD. Em todos os casos de desaparecimento de pessoas no canal do Arroio Duro, imediatamente a associação realiza a operação de interrupção da passagem das águas da barragem.

A redação do Clic Camaquã e Clic Rádio conversou com o engenheiro da AUD, Everton Fonseca. Ele afirmou que embora operações desde tipo gerem impactos na área de irrigação das lavouras, a AUD prioriza sempre a vida e sempre auxilia com o trabalho dos Bombeiros nestas situações.

“Ontem, por volta das 13h, o comandante em exercício dos bombeiros me ligou e pediu para baixar o nível do arroio. De imediato, nós criamos uma operação e baixamos o arroio antes do anoitecer. Sempre priorizamos a vida”, afirmou Fonseca.

A AUD aguarda orientações dos Bombeiros para reestabelecer o sistema de irrigação das lavouras liberando as águas da barragem no Arroio Duro.

Desaparecimento de David Soares completa seis dias e segue como mistério

O desaparecimento de David Sabrino de Campos Soares, de 24 anos, no dia 11 de dezembro de 2022, em Camaquã segue como mistério. O jovem é morador da avenida Sete de Setembro, no centro da cidade. Ele sumiu deixando uma carta de despedida. Até agora, nenhum objeto pessoal ou qualquer vestígio de David foi encontrado.

Leia outras matérias sobre o caso David Soares no Clic Camaquã

Na quinta-feira (15), quatro dias após o seu desaparecimento, o Corpo de Bombeiros realizou buscas na ponte do Arroio Duro, na altura do CTG Camaquã. O motivo da ação que contou com o uso de um barco e apoio de salva vidas de Canoas, foi que o rastreamento do celular de David Soares acusou a passagem no meio da ponte do CTG, por volta da 1h49, antes do sinal do Google parar de funcionar. As buscas foram encerradas no mesmo dia pelos Bombeiros, pois não havia nenhuma informação concreta que a vítima tivesse pulado da ponte do Arroio Duro.


  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • 970×90 (3)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • clarão—970×90
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • globalway (1)