Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • globalway (1)
  • cq-01
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • WhatsApp Image 2024-04-02 at 17.18.51
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664

Pesquisa: 70% dos ucranianos querem seguir lutando contra a Rússia

O levantamento indicou que 51% disseram acreditar que a Ucrânia está se aproximando da vitória


Por Celiomar Garcia Publicado 24/02/2024
 Tempo de leitura estimado: 00:00
guera
Foto: Alina Smutko/Divulgação

Cerca de 70% dos entrevistados em uma pesquisa na Ucrânia acreditam que o país deve continuar se defendendo da invasão russa, e recuperando o território perdido. Entretanto, somente 3% acreditam que estão se aproximando da vitória.

A agência de notícias japonesa NHK e a organização de pesquisa Rating Group, com sede em Kiev, realizaram um levantamento conjunto por telefone -entre 9 e 11 de fevereiro – com a participação de mil pessoas. Os respondentes tinham 18 anos ou mais e eram residentes na Ucrânia, com exceção da Crimeia, Donbass e áreas onde as redes de telefonia móvel não estavam disponíveis.

Passo a passo
O levantamento indicou que 51% disseram acreditar que a Ucrânia está se aproximando da vitória “passo a passo”, mas apenas 3% responderam que a vitória está “chegando mais perto”.
Trinta por cento afirmaram que o conflito chegou a um impasse, e 12% opinaram que a vitória estava “fugindo” ou fugindo “passo a passo”.

Quando foram perguntados sobre o que esperam de seu governo, 55% responderam que querem voltar às fronteiras de 1991, com a inclusão da Crimeia e Donbass. Treze por cento garantiram que desejam que as fronteiras da Ucrânia sejam restauradas como eram em 23 de fevereiro de 2022, um dia antes do início da invasão.

Vinte e quatro por cento citaram que querem parar de lutar e iniciar negociações de paz. O número dobrou em relação a um ano atrás. Este sábado (24) marca dois anos desde o início da invasão da Ucrânia pela Rússia.

Fonte: Agência Brasil


  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • cq-01
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • WhatsApp Image 2024-04-02 at 17.18.51
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19