Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • globalway (1)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • clarão—970×90
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494

Novo radar meteorológico do Rio Grande do Sul deve chegar ao estado nesta semana

O equipamento que serve para mapear chuvas com maior precisão aguarda os trâmites legais para se deslocar até a cidade de Montenegro, no Vale do Caí


Por Kathrein Silva Publicado 11/06/2024
Ouvir: 00:00
PNG (93)
Foto: Governo do RS / Reprodução

O novo radar meteorológico que será instalado no Rio Grande do Sul chegou à São Paulo neste sábado (8). O equipamento que serve para mapear chuvas com maior precisão aguarda os trâmites legais para se deslocar até a cidade de Montenegro, no Vale do Caí.

O radar foi construído em Praga, na República Tcheca, e deve vir ao Rio Grande do Sul até o final desta semana. A empresa Climatempo foi a escolhida para realizar o monitoramento. O radar deverá ter uma cobertura de 150km de raio. Em agosto, o sistema precisará entrar em funcionamento, conforme previsto em contrato.

O radar fará o monitoramento de dados meteorológicos da região em tempo real, como chuvas, ventos e temporais. Por consequência, será possível mapear o volume dos rios, auxiliando na prevenção a enchentes.

Operação do radar

Conforme a meteorologista da Sala de Situação do Estado, Cátia Valente, o novo equipamento deve mapear informações a cada 15 segundos. Os dados serão fornecidos exclusivamente para o governo, em um banco de dados, como previsto na licitação, segundo a meteorologista.

Climatempo

Em dezembro, a Climatempo assinou contrato com o governo do Estado. Ela que irá fazer o acompanhamento de eventos climáticos. O objetivo com essa contratação é ampliar a capacidade de preparação e resposta a eventos meteorológicos adversos. 

A partir do monitoramento, alertas antecipados precisarão ser enviados, com foco especial nos riscos hidrológicos e meteorológicos. A contratação tem prazo de cinco anos. Pelo serviço, a empresa irá receber até R$ 25,93 milhões neste período.

Nesse valor estão contemplados o estudo técnico para definição do local de instalação, infraestrutura para colocação do equipamento e operação do radar, além do serviço de monitoramento.


  • clarão—970×90
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494