Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • globalway (1)
  • WhatsApp Image 2024-02-01 at 16.56.45
  • cq-01
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • 2024 BANNER TOPO CAPA DE SITE DIA DE CAMPO DESKTOP
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111

Nas últimas 24h o Rio Grande do Sul registrou quase meio milhão de descargas elétricas

Os dados foram levantados pela empresa Climatempo Meteorologia


Por Kathrein Silva Publicado 17/01/2024
 Tempo de leitura estimado: 00:00
Design sem nome – 2024-01-17T111033.895
Foto: Bate-Papo Astronômico/Divulgação

Nas últimas 24 horas, o Rio Grande do Sul registrou 499.086 descargas elétricas, segundo a ClimaTempo Meteorologia. Na noite da última terça-feira (16) e a madrugada desta quarta-feira (17), um temporal atingiu o estado.

Segundo os meteorologistas, a maior incidência de raios ocorreu em municípios da Fronteira Oeste, em Santana do Livramento, foram 64.466 descargas elétricas e em Uruguaiana, os registros apontaram 57.478, já em Alegrete teve 54.040. 

Nesta quarta-feira, a atividade elétrica ainda é considerada alta, em especial na Região Norte do RS. Isso ocorre por conta de uma área de baixa pressão atmosférica no continente e uma frente fria no oceano, que causam instabilidades e trazem temporais.

Como se proteger de raios

De acordo com o Grupo de Eletricidade Atmosférica (Elat), vinculado ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), existe uma cartilha de proteção contra raios. Veja abaixo:

Não é recomendado

  • Caminhar em áreas descampadas
  • Subir em locais altos, como telhados, terraços e montanhas
  • Ficar próximo a varal de metal, antena ou portão de ferro
  • Caminhar às margens da água ou faixa de areia, calçadão, beira de rio e piscina
  • Tomar banho em chuveiro elétrico
  • Ficar próximo a janelas e portas metálicas
  • Ficar próximo à rede hidráulica (torneiras e canos)

Opções seguras de abrigo

  • Entrar em um veículo não conversível e fechar as portas e vidros e evitar contato com a lataria
  • Entrar em moradias ou prédios, mantendo distância das redes elétricas, telefônicas e hidráulicas, de portas e janelas metálicas
  • Entrar em abrigos subterrâneos como metrôs ou túneis

E se não houve opção segura de abrigo?

Afaste-se de qualquer ponto mais alto e de objetos metálicos, mantenha os pés juntos e agache-se até a tempestade passar. Não fique deitado.


  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • globalway (1)
  • cq-01
  • WhatsApp Image 2024-02-01 at 16.56.45
  • 2024 BANNER TOPO CAPA DE SITE DIA DE CAMPO DESKTOP