Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • banner felice 2
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111

FOTOS: Internauta encontra jacaré morto na beira da Lagoa dos Patos, em Arambaré

Jacaré com quase 1,5m foi encontrado morto, sem sinais de violência, entre a praia da Costa Doce e a conhecida Ponte do Brejo


Por Redação Clic Camaquã Publicado 30/07/2022
 Tempo de leitura estimado: 00:00

Na tarde deste sábado, 30 de julho, a reportagem do Clic Camaquã recebeu diversas fotos e o relato de um fato inusitado Lagoa dos Patos: um jacaré foi encontrado morto na beira da praia, em Arambaré. O caso foi relatado por um morador de Camaquã.

De acordo com o relato, o animal tem cerca de 1,5m (fotos abaixo) e não possui nenhum sinal de violência. A suspeita é que ele pode ter vindo a óbito por causas naturais.

Ele foi encontrado ao Sul da área mais movimentada de Arambaré, entre o CTG (camping Municipal) e a conhecida Ponte do Brejo, no trecho entre a sede do município e a localidade de Santa Rita.

Pelo relato do internauta e pelas fotos encaminhadas com exclusividade ao Clic Camaquã, pode se tratar de um jacaré-de-papo-amarelo (nome científico: Caiman latirostris), um réptil crocodiliano da família Alligatoridae e gênero Caiman.

A espécie está amplamente distribuída pela América do Sul, ocorrendo em qualquer ecossistema associado à água nas bacias dos rios Paraná, Paraguai, Uruguai e São Francisco, sendo comum desde o extremo leste do Brasil até o Uruguai.

Ele é comumente encontrado no sul do Brasil, desde a Lagoa dos Patos até a Lagoa Mirim, em todo extremo Sul do Estado.

É um animal carnívoro que vive aproximadamente cinquenta anos. São conhecidos por este nome pois, durante a fase do acasalamento, estes animais costumam ficar com a área do papo amarelada.

Confira a galeria de fotos enviadas pelo internauta Márcio Cunha, morador do bairro São Luis:


  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • banner felice 2
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)