Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • WhatsApp Image 2024-04-02 at 17.18.51
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • cq-01

Julgamento sobre a privatização da Corsan é suspenso após pedido de vista

A análise estava programada para esta terça-feira (18), mas foi interrompida a pedido do conselheiro Renato Azeredo


Por Redação/Clic Camaquã Publicado 19/07/2023
 Tempo de leitura estimado: 00:00
Foto: Divulgação/Corsan

O julgamento sobre a privatização da Corsan foi suspenso por um pedido de vista na Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado (TCE). A análise estava programada para esta terça-feira (18), mas foi interrompida a pedido do conselheiro Renato Azeredo.

O pedido de vista adia a conclusão do julgamento. A conselheira relatora, Ana Cristina Moraes, já havia emitido um voto pela anulação do leilão. O presidente da Primeira Câmara, Estilac Xavier, também votou pela anulação. O Ministério Público de Contas e os sindicatos contrários à privatização apontaram problemas na avaliação do valor de venda da empresa. Os argumentos foram acolhidos por Ana Cristina e são questionados pela defesa do consórcio Aegea.

Nesta quarta-feira (19), será analisada a decisão de Alexandre Postal em derrubar a medida que impedia a assinatura do contrato. Caso a decisão não seja referendada, a privatização pode ser revertida. O Ministério Público de Contas defende a anulação e pede que a medida cautelar seja transformada em definitiva.

Texto: Pablo Bierhals


  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • WhatsApp Image 2024-04-02 at 17.18.51
  • cq-01
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)