Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • globalway (1)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494

Zé Roberto fica no Grêmio e não dá prazo para acabar carreira

O camisa 10 celebrou a permanência no clube gaúcho por mais um ano


Por Redação Clic Camaquã Publicado 31/01/2014
Ouvir: 00:00

O final das novelas geralmente acontecem na sexta-feira. A quinta, porém, também foi de término de uma negociação que se arrastou no Grêmio: a renovação de contrato do meia Zé Roberto. O camisa 10 celebrou a permanência no clube gaúcho por mais um ano, revelou uma “ameaça de morte” de um torcedor e confirmou as informações iniciais de que reduziu parte do salário. O jogador ainda não quis colocar um prazo para terminar sua carreira.

O meia contou uma passagem que passou com ele nesta quarta-feira. Um torcedor o abordou no supermercado e pediu para que ficasse no Tricolor. Caso contrário, ele “o mataria”.

– Estou muito feliz pela renovação, onde não houve muito desgaste das duas partes, pelo contrário. Foi uma renovação que demorou um pouco devido a algumas questões que se precisava colocar em pauta, mas tudo foi resolvido. As partes estão felizes. Eu e o torcedor. Não aguentava mais sair na rua… Ontem, fui no mercado, passou um maluco gritando “você tem que ficar senão vou te matar” – riu Zé Roberto.

Zé permanece no clube até o final do ano – a renovação automática iria até junho – e reduziu no seu direito de imagem os vencimentos mensais. Assim, viabilizou sua permanência no clube gaúcho, que passou por uma readequação financeira. A negociação teve como empecilho a distância entre o meia e os dirigentes do clube gaúcho, em Porto Alegre, e o empresário do jogador, Christian Butcher, na Espanha.

– Se tivesse que pesar a parte financeira, ninguém gosta, poucos, fariam uma redução no seu salário. Eu não pensei duas vezes quando o clube me propos isso, quando você está identificado com o clube, quando você tem uma paixão, alguns projetos, tudo isso tem que colocar em questão. E às vezes a gente perde me um lado e ganha em outro – explicou o meia.

Ainda sem saber quando vai parar, o jogador disse que está espantado com sua longevidade. Quando retornou ao Brasil, em 2006, para o Santos, planejava o ´termino da carreira com 35 anos. Hoje, tem 39.

– Estou com medo. Quando eu vim para o Brasil, em 2006, vim programado a jogar mais três anos, até dos 35 para 36. Os anos só estão aumentando. Essa notícia não dei para a minha esposa, que renovei por mais um ano. Faz parte do trabalho, viver longe da família. Estou muito feliz, vou continuar jogando enquanto tiver produzindo e tiver bem, em alto nível. Não posso falar hoje o que acontecer daqui um ano. O que posso dizer é que estou muito feliz, meu maior objetivo foi alcançado, que era permanecer, pela identificação com o clube e disputar uma Libertadores – destacou o jogador.


  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664