Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • TEXEIRA GÁS ultragaz

STJD denuncia dirigente do Grêmio por reclamação de pênalti não marcado contra o Vasco

Brum foi enquadrado no artigo 258 do Código Brasileiro de Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD)


Por Celiomar Garcia Publicado 23/05/2024
Ouvir: 00:00
stjd
Foto: Divulgação

O STJD informou que o vice-presidente de futebol do Grêmio, Antônio Brum, foi denunciado pelas reclamações feitas no jogo de estreia do Brasileirão, contra o Vasco, no São Januário. Brum foi enquadrado no artigo 258 do Código Brasileiro de Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). O lance em questão foi o pênalti não marcado após a bola tocar no braço de Lucas Piton.

O edital divulgado na quarta pelo STJD prevê julgamento para o dirigente gremista nesta sexta-feira. O vice de futebol foi denunciado no artigo 258 do CBJD, que fala em “assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras deste Código”.

A pena prevista para esse tipo de infração é de 15 a 180 dias de suspensão para quem não é jogador, treinador, médico ou membro da comissão técnica. O departamento jurídico do Grêmio fará a defesa de Brum no STJD.

Na ocasião, o dirigente gremista fez reclamações ao árbitro Flávio Rodrigues pela não marcação do pênalti no toque de braço de Lucas Piton. Na súmula, o árbitro relatou que foi abordado por Antônio Brum no intervalo do jogo, no túnel de acesso aos vestiários do estádio, e que ele precisou ser contido por policiais.

Fonte: ge


  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)