Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • clarão—970×90
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • globalway (1)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz

Renato Gaúcho propõe Brasileirão sem rebaixamento em meio a tragédia no RS

O técnico do Grêmio propôs que os quatro melhores colocados da Série B sejam promovidos, mas que nenhum participante da Série A caia para a segunda divisão


Por Celiomar Garcia Publicado 21/05/2024
Ouvir: 00:00
renato

Em meio à suspensão da Série A do Brasileirão por duas rodadas, devido às enchentes que assolam o Rio Grande do Sul, o técnico Renato Gaúcho concedeu entrevista ao Boleiragem na segunda-feira (20). Perguntado sobre formas de minimizar o prejuízo aos clubes gaúchos, o técnico propôs que os quatro melhores colocados da Série B sejam promovidos, mas que nenhum participante da Série A caia para a segunda divisão.

“Eu não sou nem contra nem a favor (que Grêmio, Internacional e Juventude não sejam rebaixados), porque entendo que outros clubes da segunda divisão estão brigando pra subir. Mas aí cabe à CBF arrumar uma solução. Então sobem os quatro e não cai ninguém. Na pandemia, a gente viu o que a gente sofreu também. É uma situação muito difícil, em que os clubes gaúchos vão ficar muito atrás”, disse Renato.

Ele ainda complementou destacando os prejuízos que um atleta tem em relação a parte física e ritmo de jogo em virtude desta longa parada.

“Na parte física, no ritmo de jogo, na parte psicológico. Tem muita gente que acha que as águas do (rio) Guaíba vão baixar e vai tudo voltar ao normal. Acho que muita coisa, infelizmente, vai continuar acontecendo. E a parte psicológica dos jogadores vai ficar afetada. (…) Acho que seria a melhor ideia, mas não cabe a mim. Eu penso dessa forma”, finalizou.

Renato se juntou ao elenco do Grêmio nesta segunda-feira, em São Paulo. O clube gaúcho está treinando no CT Joaquim Grava, do Corinthians. Villasanti ainda não chegou e é aguardado nesta terça-feira.

Fonte: SporTV


  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • clarão—970×90
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111