Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • WhatsApp Image 2024-02-01 at 16.56.45
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • 2024 BANNER TOPO CAPA DE SITE DIA DE CAMPO DESKTOP
  • cq-01
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335

Luiz Adriano retorna ao Internacional para seguir história vencedora e meteórica

Jogador é aguardado em Porto Alegre ainda nesta semana


Por Celiomar Garcia Publicado 23/02/2023
 Tempo de leitura estimado: 00:00

O Internacional anunciou na quarta-feira (22), o retorno do atacante Luiz Adriano, autor do gol da vitória na semifinal do Mundial de Clubes, sobre o Al-Ahly, e personagem da vitória sobre o Barcelona em 2006. O centroavante retorna ao Beira-Rio aos 35 anos para dar sequência em sua história no clube que o projetou.

Ele deve estar apto a jogar ainda pelo Gauchão e sua estreia pode ser no Gre-Nal, que acontece no dia 5 de março. Seu contrato vai até 30 de junho de 2024, com salário-base girando em torno de R$ 250 mil, podendo aumentar de acordo com metas a serem cumpridas.

Para que Luiz Adriano jogue pelo Gauchão, precisa ser inscrito até sexta-feira. Os documentos estão sendo trocados com o Antalyaspor, da Turquia, de onde rescindiu o contrato. Ele terá de aparecer no Boletim de Informativo Diário (BID) da CBF, que garante a vaga no Estadual. De dentro do avião que o levaria para o Brasil, deu sua primeira declaração após assinar contrato:

“Já estou aqui dentro do voo, ansioso para a minha chegada em Porto Alegre e no Beira-Rio. Espero estar com vocês logo, logo”, declarou Luiz Adriano.

Luiz Adriano desembarca no Brasil como principal opção ofensiva de Mano Menezes para o comando de ataque. Em tese, disputa lugar com Alemão na posição de centroavante. O posto, atualmente, vem sendo ocupado com a improvisação de Pedro Henrique, que até é o goleador da equipe no Gauchão, com sete gols.

No futuro, além de ser um “camisa 9” e concorrer com Enner Valencia, ele poderá também dividir função com Alan Patrick na armação. Porque Luiz Adriano tem como características a movimentação e a criação, além de ser centroavante. No Antalyaspor, inclusive, vinha atuando eventualmente como “camisa 10”.

O retorno de Luiz Adriano era aguardado ao menos desde 2019, quando acabou assinando com o Palmeiras. Sua história no Inter é curiosa: ele era um destaque da categoria de base, estrela do time campeão brasileiro sub-20 de 2006, que fez 4 a 0 no Grêmio na decisão, com passagens pela Seleção, e foi promovido aos profissionais por Abel Braga pouco depois da conquista da Libertadores.

Disputou 17 partidas e fez quatro gols. Era menos badalado do que Alexandre Pato, mas foi igualmente importante no Mundial. Foi dele o gol que desafogou o Inter na semifinal, o do 2 a 1 sobre o Al-Ahly. Na decisão, deu um dos passes e apareceu como opção a Iarley, que passou para Gabiru fazer o gol do título.

Além disso, tem uma família reconhecidamente vermelha. Seu pai é uma espécie de torcedor-símbolo, que virou meme nas redes sociais, bastante compartilhado e querido pelos colorados. Até por isso, esperava-se que aparecesse em um anúncio pomposo. Mas não houve nada especial.

Depois do Inter, em 2007, Luiz Adriano acabou vendido ao Shakhtar Donetsk-UCR. Depois de 268 jogos, 130 gols e 16 títulos, transferiu-se para o Milan. Mas a passagem pelo gigante italiano não foi produtiva. Após uma temporada, foi para o Spartak Moscou, com bons resultados. Retornou ao futebol brasileiro, para o Palmeiras. Nos dois primeiros anos, foi importante, com direito a dois títulos da Libertadores. Mas no terceiro, entrou em ostracismo e perdeu vaga. Foi parar na Turquia, onde disputou 38 jogos pelo Antalyaspor.

De volta ao Inter, tem chance de aumentar seu cartel vitorioso. E aumentar a idolatria que, curiosamente, foi conquistada em apenas 19 partidas.

Números de Luiz Adriano
Pelo Inter – 19 jogos, 4 gols, 1 título (Mundial 2006)
Pelo Shakhtar – 268 jogos, 130 gols, 16 títulos (1 Liga Europa, 6 Campeonatos Ucranianos, 4 Copas Ucrânia, 5 Supercopas da Ucrânia)
Pelo Milan – 36 jogos, 6 gols, 1 título (Supercopa Italiana)
Pelo Spartak Moscou – 79 jogos, 25 gols, 2 títulos (Campeonato Russo e Supercopa da Rússia)
Pelo Palmeiras – 104 jogos, 32 gols, 4 títilos (2 Copas Libertadores, 1 Copa do Brasil e 1 Paulistão)
Pelo Antalyaspor – 38 jogos, 8 gols


  • WhatsApp Image 2024-02-01 at 16.56.45
  • cq-01
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • 2024 BANNER TOPO CAPA DE SITE DIA DE CAMPO DESKTOP
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335