Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • banner felice 2

Internacional terá de replantar grama em seu gramado principal em processo de até um mês

Os trabalhos só irão iniciar após a limpeza completa do local e deve levar mais de um mês


Por Celiomar Garcia Publicado 14/05/2024
 Tempo de leitura estimado: 00:00
beira rio campo
Foto: Jefferson Botega/Agência RBS

Após a enchente que atingiu o estado do Rio Grande do Sul, o Internacional precisará replantar a grama nos campos do Beira-Rio e do Centro de Treinamentos Parque Gigante. A informação foi repassada pelo consultor do clube ao ge. Os trabalhos só irão iniciar após a limpeza completa do local e deve levar mais de um mês.

Na segunda-feira, o CT ainda estava submerso, mas a baixa do nível da água no estádio já permitia ver o campo. O que não significa a liberação para o recomeço do trabalho.

“Está ocorrendo uma limpeza no estádio, enquanto o CT está abaixo da água. É preciso retirar todo o barro. O gramado ficou todo sujo. Tínhamos plantado a grama de inverno, mas se perdeu tudo. Quando estiver limpo, poderemos começar o plantio”, disse Walter Aciar, consultor dos gramados do clube ao ge.

O argentino esteve em Porto Alegre na semana passada. Discutiu com os gaúchos sobre a retomada do trabalho. Quando for acionado, precisará de até um mês para finalizar a empreitada. Isso se o tempo colaborar. Afinal, a queda na temperatura tem impacto direto na fixação do solo. Fora a previsão de novo aumento no Guaíba, que pode voltar a avançar na região do estádio.

Dependendo da temperatura, pois quanto mais frio, mais lento é o crescimento da grama, o processo dura entre 21 e 30 dias, conforme informou, Walter Aciar, consultor do Inter.

Se o trabalho nas principais sedes segue impossibilitado, Aciar aproveitou a estadia em solo gaúcho para observar possíveis locais para a volta aos treinos. O profissional esteve no CT Morada dos Quero-Queros, casa da base em Alvorada, e também visitou a PUCRS, local que recebe o treino desta terça.

Parceiro de longa data
Aciar é homem de confiança de Coudet. Estão no terceiro clube juntos. A parceria iniciou há cinco anos no Racing. À época, o técnico recebeu a indicação de Ariel Broggi, antigo auxiliar de Chacho, que tinha trabalhado com o responsável pelos campos no Banfield.

Quando Coudet voltou ao Brasil ano passado, levou Aciar para cuidar dos gramados do Atlético-MG. Nesta temporada, requisitou os serviços no clube gaúcho. Só não contava com o desastre climático.


  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • banner felice 2
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)