Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • globalway (1)

Gauchão tem jogo adiado por estádio não ter condições de segurança

Bombeiros dizem que estádio não reúne garantias para dar segurança ao público


Por Redação Clic Camaquã Publicado 22/01/2014
Ouvir: 00:00

O Estádio Aldo Dapuzzo, do São Paulo, em Rio Grande, não recebeu os laudos de segurança das autoridades e a partida da noite desta quarta-feira, que começaria às 20h30, da equipe da casa contra o Brasil, de Pelotas, não acontecerá. O jogo, inicialmente, fica para o dia 12 de fevereiro, quando não há rodada do Campeonato Gaúcho.

O Corpo de Bombeiros ficou até o meio-dia desta quarta-feira fazendo vistorias no local, assim como a Brigada Militar. Mas a ordem é que o estádio não reúne as garantias para dar segurança ao público presente na partida. A Federação Gaúcha de Futebol tentou ajudar o clube, diminuindo o prazo para a liberação pelas autoridades, o que não ocorreu. Normalmente, a equipe tem que comunicar com 72 horas antes da partida onde sediará o jogo.

Assim, o duelo entre as equipes da metade sul do estado devem se enfrentar apenas no dia 12 de fevereiro, quando não há rodada do Gauchão por conta da Libertadores da América. Mesmo que o São Paulo reúna esperanças de ter o confronto nesta quinta-feira, a ideia da Federação é que a partida aconteça de maneira isolada, pelo veto das autoridades de segurança e da proximidade com a nova data.

Há outras situações que podem mexer na tabela. O Cruzeiro, por exemplo, enfrenta o São José, nesta quinta, às 17h, com portões fechados no Parque Lami, antiga sede do Porto Alegre. O clube está terminando a construção de um novo estádio, em Cachoeirinha, região metropolitana da capital gaúcha. O Inter é outro que ainda não tem garantia de local para o jogo da próxima semana, contra o São Paulo. O Beira-Rio ainda não foi liberado pela Brigada Militar e pelo Corpo de Bombeiros para receber a partida.


  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494