Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • clarão—970×90

Fifa consulta Arena do Grêmio sobre receber jogos da Copa

Diretor da OAS revelou que houve conversa informal para substituir Arena da Baixada caso não fique pronta


Por Redação Clic Camaquã Publicado 28/01/2014
Ouvir: 00:00

A Fifa fez uma consulta na semana passada à OAS Arenas, que administra a Arena do Grêmio, sobre a possibilidade de o estádio receber jogos da Copa do Mundo. O local ficaria de reserva da Arena da Baixada, em Curitiba, que passa pelo risco de não ficar pronta para o evento. Quem fez a revelação foi Carlos Eduardo Paes Barreto, diretor-superintendente da OAS Arenas, em conversas com jornalistas na véspera do primeiro evento-teste da Arena das Dunas, em Natal.

Segundo Paes Barreto, no entanto, é muito difícil que isso aconteça por questões logísticas, sendo a saída mais simples para substituir Curitiba espalhar as quatros partidas previstas para o estádio do Atlético-PR pelas outras sedes (são outras 11 no total). 

“Realmente a Fifa nos procurou para uma consulta, coisa informal, porque temos um bom relacionamento. Porém, acho que é uma opção bem remota. O estádio está pronto para isso, mas a logística toda seria complicada agora”, relatou o diretor da OAS. 

Os atrasos nas obras da Arena da Baixada têm sido alvo de preocupação da Fifa. O estádio é um dos que não cumpriram o prazo determinado pela entidade que comanda o futebol mundial para serem entregues (dezembro de 2013). O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, deu um últimato aos responsávelis no último dia 21. O cartola afirmou que se não houver avanços até 18 de fevereiro, data em que está prevista nova visita ao local, a cidade poderá ser eliminada do torneio.

O temor com a situação da sede é generalizado. Em entrevista recente, Mario Celso Cunha, secretário estadual da Copa em Curitiba, admitiu: “Do jeito que está, a Arena da Baixada não fica pronta a tempo da Copa do Mundo.

A Arena do Grêmio, por sua vez, foi inaugurada em dezembro de 2012 com um amistoso entre Grêmio e Hamburgo (ALE). Porto Alegre já será sede da Copa com o Beira-Rio, cujas obras estão na reta final. Para o estádio do Inter estão previstos cinco jogos, um deles pelas oitavas de final. A tabela do Mundial prevê que a Arena da Baixada receba os seguintes confrontos: Irã x Nigéria (16 de junho, às 16h), Honduras x Equador (20 de junho, às 19h), Austrália x Espanha (23 de junho, às 13h) e Argélia x Rússia (26 de junho, às 17h).


  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • globalway (1)
  • clarão—970×90
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111