Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • banner felice 2
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)

Alagamento de quase um metro ainda é registrado na Arena do Grêmio

A cheia do Rio Guaíba impede uma avaliação das condições do gramado principal, bem como do CT Luiz Carvalho


Por Celiomar Garcia Publicado 14/05/2024
 Tempo de leitura estimado: 00:00
arena alagada
Foto: Reuters

O gramado da Arena do Grêmio em Porto Alegre foi invadida pelas águas da enchente que atinge o Rio Grande do Sul. Até o momento, a casa tricolor segue com alagamento de um metro, o que impossibilita os técnicos de trabalharem na recuperação do gramado. A cheia do Rio Guaíba impede uma avaliação das condições do gramado principal, bem como do CT Luiz Carvalho.

A direção gremista ainda se vê de “mãos atadas” no que diz respeito aos trabalhos nas estruturas próprias. A Arena é uma incógnita ainda maior. A administração do estádio, em contato com o ge, confirmou que ainda há uma lâmina de água de 80cm a um metro dentro da Arena, inclusive no campo.

Ainda não há previsão para que a água baixe por completo no estádio. Só assim a administração da Arena conseguirá fazer uma projeção dos eventuais danos em equipamentos e na estrutura interna. Além, claro, do gramado.

O Guaíba voltou a superar os 5 metros na segunda-feira e há uma tendência de aumento para esta terça, o que no mínimo gera uma estagnação no cenário. O Departamento Municipal de Águas e Esgotos (DMAE) também trabalha para retomar as casas de bombeamento, o que auxiliaria no escoamento das áreas alagadas.

A mesma situação da Arena serve para o CT Luiz Carvalho. A sede dos treinamentos da equipe principal do Grêmio segue submersa. O centro de treinamento é ainda mais próximo das margens do Guaíba. Mas a princípio, não há prejuízo nos equipemento da parte interna do CT. O prejuízo maior será os gramados usados para os treinos.

Fonte: ge


  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • banner felice 2
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664