Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • clarão—970×90
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz

Eduardo Leite visita áreas afetadas pelas cheias em Pelotas

Acompanhado da prefeita Paula Mascarenhas, o governador do estado também conferiu a situação das bombas e dos diques de contenção em Pelotas


Por João Victor Fagundes Publicado 31/05/2024
Ouvir: 00:00
leitepel
Foto: Volmer Perez

Na tarde desta quarta-feira (29), o governador Eduardo Leite visitou sua cidade natal. Acompanhado da prefeita Paula Mascarenhas e outras autoridades, Leite conferiu a situação das áreas atingidas pelas enchentes no município. Além disso, Eduardo seguiu para uma vistoria às bombas e aos diques da Estrada do Engenho e do Quadrado.

Após circular pelas vias urbanas ainda bastante alagadas, Leite elogiou a organização do município e salientou que, em comparação com outras cidades, Pelotas teve a vantagem de poder se preparar para a chegada das águas com certa antecedência, mas que o cenário em que não há nenhuma vítima das enchentes é fruto da organização e de ações de prevenção bem executados.

Posteriormente, o governador dirigiu-se à uma reunião com hidrólogos e meteorologistas da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL). Os pesquisadores afirmaram que atualmente, Pelotas vive um cenário de alto nível das águas, mas com estabilidade e previsão de condições climáticas favoráveis ao escoamento pelo canal dos Molhes da Barra, em Rio Grande. Além disso, os pesquisadores enfatizam que na última segunda-feira (27), quando o São Gonçalo atingiu 3,13 metros, deverá ser o último recorde de elevação.


  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • clarão—970×90