Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • WhatsApp Image 2024-02-01 at 16.56.45
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • 2024 BANNER TOPO CAPA DE SITE DIA DE CAMPO DESKTOP
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • cq-01

Ecosul entra com ação para proibir manifestação contra pedágio mais caro do Brasil em Rio Grande

Em Camaquã, manifestação está marcada para acontecer às 15h no km 396 da BR 116, próximo do trevo norte de acesso à Camaquã


Por Pablo Bierhals Publicado 03/01/2024
 Tempo de leitura estimado: 00:00
2023 (22)
Foto: Divulgação/Internet

A Ecosul – Empresa Concessionária de Rodovias do Sul representou contra os vereadores Edisnei Rodrigues, Luciano Figueiredo e “manifestantes não identificados” com objetivo de impedir uma manifestação na BR 392, em Rio Grande, contra o pedágio mais caro do Brasil. O mandado de intimação e citação foi entregue no mesmo dia.

Os vereadores estavam divulgando uma manifestação pacífica para ocorrer no km 52 da BR 392, próximo da praça de pedágio localizada no Capão Seco, às 15h desta quarta-feira (3), mesma data e horário da manifestação que vai ocorrer em Camaquã, na BR 116, próximo do trevo norte de acesso à Camaquã.

Segundo o documento despachado pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul – TJRS, a multa é de R$ 1.000,00 por manifestante, em caso de descumprimento da ordem. O vereador Edisnei assegura que manifestação segue marcada para ocorrer, mas sem bloquear a rodovia.

No dia 1º de janeiro de 2024, a reportagem do Clic Camaquã constatou o aumento de 28,9% na tarifa dos pedágios na Zona Sul. A tarifa básica, por exemplo, passou de R$ 15,20 para R$ 19,60. São os pedágios mais caros do Brasil em rodovias federais após a ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres aprovar o reajuste.

Manifestação em Camaquã

Em Camaquã, a manifestação está de acordo com as autoridades e ocorre em espaço privado, às margens da BR 116. O trecho fica alguns metros fora do início da área de concessão da Ecosul Rodovias.

WhatsApp-Image-2023-12-28-at-19.18.57-1-819×1024-1

  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • WhatsApp Image 2024-02-01 at 16.56.45
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • cq-01
  • 2024 BANNER TOPO CAPA DE SITE DIA DE CAMPO DESKTOP