Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • banner felice 2

Pedágios da Região Sul ficam mais caros a partir desta semana

O reajuste de 23,5% é válido para todos os pedágios que são administrados pela Ecosul, concessionária responsável pelo trecho, incluindo o pedágio de Cristal


Por Redação/Clic Camaquã Publicado 01/11/2022
 Tempo de leitura estimado: 00:00
Pedágios da Região Sul ficam mais caros a partir desta semana
Foto: Ilustrativa

Os pedágios da Região Sul do Rio Grande do Sul ficam mais caros a partir de quinta-feira, 3 de novembro. O reajuste de 23,5% é válido para todos os pedágios que são administrados pela Ecosul, concessionária responsável pelo trecho.

Confira a nova tabela de preços:

A diretoria colegiada da Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT) aprovou o reajuste nesta segunda-feira, 31 de outubro.

Segundo o jornalista Jocimar Farina, da GaúchaZH, o aumento já começará a valer a partir da 0h de quinta-feira (3). A tarifa para carros passará de R$ 12,30 para R$ 15,20 (veja os demais valores acima).

Conforme apurado pela reportagem do Clic Camaquã, esta é a terceira tentativa de reajuste desde 2020. As outras duas tentativas foram frustradas após ação do Tribunal de Contas da União (TCU), que contestou alguns itens do contrato. Em 2020, o pedido de reajuste foi de R$ 0,10 – que foi suspenso. No ano passado foi de R$ 0,60, que também foi impedido.

Segundo Fabiano Medeiros, diretor superintendente da Ecosul, o reajuste elevado se deve ao nível da inflação atual. O contrato da Ecosul é de 1998 e estipula que as tarifas serão calculadas com base em uma cesta de índices, que, na média costuma ficar 18% acima do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). 

“O contrato da Ecosul não é reajustado desde 2019, que foi o último reajuste quando foi para R$ 12,30. São quase três anos sem reajuste, sendo que o contrato deveria ser reajustado sempre no dia 1° de janeiro de cada ano. Esse valor que está sendo aumentado agora vem para corrigir essa diferença dos valores não realizados. Acaba sendo maior que 20% porque parte de uma valor lá de 2019. Se tivesse sido atualizado, esse valor seria menor”, explica Medeiros. 


  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • banner felice 2
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • globalway (1)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335