Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • banner felice 2
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19

Centrais sindicais e entidades patronais divergem de percentual de reajuste do novo mínimo regional

Reunião ocorreu nesta quarta-feira (17) mediada pela Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Profissional


Por Pablo Bierhals Publicado 18/04/2024
 Tempo de leitura estimado: 00:00
imagem 1280×720 – 2024-04-18T075424.092
Foto: Suelem Pires/Ascom STDP

Foi realizada, nesta quarta-feira (17), uma reunião do Comitê de Valorização do Piso Salarial do Rio Grande do Sul, mediada pelo titular da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Profissional (STDP), Gilmar Sossella, para discutir o índice de reajuste ao salário mínimo regional. Ao final, foi definido que serão realizados encontros separados da STDP com entidades patronais e centrais sindicais para a tentativa de conciliação.

Com isso, até o final de abril, a pasta se reunirá com cada representação, buscando um índice alternativo para o aumento do salário mínimo. As centrais sindicais requerem um aumento de 8,45%; as entidades patronais, por sua vez, defendem o índice de 2,21%.

Havendo ou não conciliação entre as partes, o relatório do comitê será fechado até 30 de abril e enviado ao Gabinete do Governador que, por sua vez, formulará o projeto de lei a ser encaminhado para o Poder Legislativo. 

O mínimo regional atual é de R$ 1.573,89.


  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • banner felice 2
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • globalway (1)
  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)