Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • globalway (1)
  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • banner felice 2

Defesa Civil do RS alerta que as pessoas devem ser retiradas de locais com risco de inundação

As previsões meteorológicas apontam para um volume alto de precipitações até sexta-feira


Por Pablo Bierhals Publicado 30/04/2024
 Tempo de leitura estimado: 00:00
imagem 1280×720 – 2024-04-30T154603.647
Foto: Madali Schutz/Prefeitura São Sebastião do Caí

A Defesa Civil do Rio Grande do Sul segue divulgando informações sobre as chuvas intensas que atingem o estado desde segunda-feira (29). O objetivo é garantir a segurança da população nas áreas afetadas, por meio de planos de contingência e de ações para retirada de pessoas das áreas de risco.

Informações meteorológicas divulgadas na manhã desta terça-feira (30) apontam para a possibilidade de haver inundações significativas. Diante desse cenário, coordenadores regionais estão sendo mobilizados para interagir com os municípios, especialmente aqueles que já enfrentaram situações anteriores semelhantes nas principais bacias hidrográficas do Estado.

A atribuição de realizar o primeiro atendimento às pessoas atingidas por desastres é dos municípios, os quais serão apoiados pela defesa civil estadual quando as situações emergenciais superarem a capacidade que possuem para prestar socorro às vítimas ou ações de resposta. 

Nos planos de contingência dos municípios, já estão previstas as medidas de prevenção mais adequadas para cada caso, como rotas de fuga em caso de emergência, a retirada de pessoas das áreas de risco e o encaminhamento delas para abrigos públicos, cujos locais de funcionamento também são definidos pelas administrações locais. 

Considerando a possibilidade de haja uma piora da situação nos próximos dias, a Defesa Civil estadual recomenda às Prefeituras que adotem seus planos de contingência, implementando os abrigos públicos e realizando a retirada das pessoas que vivem nas margens dos rios, principalmente em áreas já afetadas anteriormente.

Para reforçar as ações nas regiões mais críticas, foi enviada uma força-tarefa para os vales do Taquari e do Rio Pardo, com o objetivo de apoiar os coordenadores das regiões Central e do Vale do Taquari. Além disso, será instalada uma estrutura de Sistema de Comando de Incidentes, com efetivo da Defesa Civil estadual, para dar suporte aos municípios afetados conforme haja necessidade.

Em meio à adversidade causada pelas chuvas, a atuação coordenada e preventiva das autoridades e órgãos de proteção civil demonstra um esforço conjunto para proteger a vida e o patrimônio dos cidadãos gaúchos. O trabalho contínuo da Defesa Civil estadual e o apoio das comunidades locais serão essenciais para enfrentar os desafios impostos pelas chuvas intensas.

Situação das bacias hidrográficas

A Defesa Civil alerta para a condição de rios, arroios e pequenos córregos nas regiões que já receberam quantidades significativas de chuvas, uma vez que as previsões meteorológicas apontam para um volume alto de precipitações até sexta-feira (3).

  • Vale do Caí

O nível de inundação já está crítico. As pessoas que moram em áreas de risco devem procurar as Prefeitura de seus municípios para que sejam orientadas a buscarem abrigos.

  • Vale do Taquari 

Duas regiões causam preocupação. A partir de Estrela, a situação está crítica e já há cota de inundação. Em Encantado, há cota de alerta. As populações ribeirinhas devem contatar a Defesa Civil do município para que sejam orientadas e encaminhadas a abrigos públicos.

  • Vale do Rio Pardo

Os municípios que possuem rios que compõem essa bacia devem ficar em estado de atenção, pois eles continuarão recebendo elevados volumes. Por isso, devem adotar medidas de prevenção, especialmente para os moradores de áreas ribeirinhas.

  • Região Central

É preciso que se dê atenção especial aos rios pequenos, córregos e arroios, tendo em vista que foi a região que recebeu o maior volume de chuvas nas últimas 24 horas. As pessoas que moram em áreas próximas aos cursos d’água devem contatar a Defesa Civil do município para que sejam orientadas e encaminhadas para abrigos públicos.

  • Região da bacia do Rio Jacuí

No Alto Jacuí (em Espumoso, na região da barragem de Passo Real e em Salto do Jacuí) e no Baixo Jacuí (a partir de Dona Francisca), o nível das águas estará alto, acima da cota de inundação, a partir de quarta-feira (1º/5). Por isso, as pessoas dessas regiões devem procurar a Defesa Civil do município para que sejam orientadas e encaminhadas para abrigos públicos.

Na sequência, a partir da noite de quarta-feira, os municípios de Cachoeira do Sul e Rio Pardo já poderão ser afetados pelo aumento significativo dos níveis dos rios. Os municípios de Charqueadas, Eldorado do Sul e as ilhas de Porto Alegre poderão verificar o aumento mais significativo dos níveis a partir de quinta-feira (2/5).

  • Vale do Sinos

Apesar de apresentar uma elevação mais lenta, os municípios cujos rios pertencem a essa bacia devem começar a visualizar elevação mais significativa do volume das águas a partir de quarta-feira. As pessoas que moram em áreas próximas a esses cursos de água devem contatar a Defesa Civil do município para que sejam orientadas e encaminhadas para abrigos públicos.

  • Outras regiões 

Devido à persistência dos volumes, as regiões do rio Quaraí, em Quaraí, do rio Ibirapuitã, em Alegrete, e dos rios da bacia do Ibicuí também demandam maior atenção, devido à previsão de chuvas para os próximos dias.


  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • banner felice 2
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • globalway (1)