Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • globalway (1)
  • clarão—970×90
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664

China pousa na lua em missão não tripulada

Objetivo é recolher amostras de solo do lado voltado ao espaço


Por Pablo Bierhals Publicado 03/06/2024
Ouvir: 00:00
China pousa na lua em missão não tripulada
Foto: Paulo Pinto/Agência Brasil

A China alcançou um marco histórico ao pousar a espaçonave não tripulada Chang’e 6 no lado oculto da lua neste domingo, superando um desafio crucial em sua missão de coletar amostras de solo e rochas da região lunar ainda inexplorada.

Este feito eleva a China ao status de potência espacial em uma corrida global pela exploração lunar, na qual diversos países, incluindo os Estados Unidos, planejam explorar minerais lunares para sustentar missões de longo prazo e estabelecer bases lunares na próxima década.

A Chang’e 6, equipada com ferramentas avançadas e um lançador próprio, pousou na cratera South Pole-Aitken Basin, às 6h23, horário de Pequim, conforme anunciou a Agência Espacial Nacional da China.

A agência destacou as complexidades da missão, mencionando “várias inovações de engenharia, altos riscos e grande dificuldade”. As cargas a bordo da Chang’e 6 estão programadas para funcionar conforme planejado e realizar importantes missões de exploração científica.

Este é o segundo pouso bem-sucedido da China no lado oculto da lua, uma região repleta de crateras profundas que complicam as comunicações e operações robóticas de pouso. Especialistas descreveram o pouso como o momento de maior risco devido à falta de comunicação direta e à necessidade de sofisticada automação.

“Pousar no lado oculto da lua é extremamente desafiador devido à ausência de comunicação direta e à dependência de múltiplos elos de controle ou automação”, afirmou Neil Melville-Kenney, técnico da Agência Espacial Europeia colaborando com a China na missão Chang’e 6.

A sonda Chang’e 6 foi lançada em 3 de maio a bordo do foguete Long March 5, do Centro de Lançamento de Satélite Wenchang, na ilha de Hainan, sul da China, e chegou à órbita lunar após uma semana, preparando-se para o pouso.

Este pouso lunar é o terceiro do mundo neste ano, seguindo o módulo Slim do Japão em janeiro e o módulo da startup americana Intuitive Machines em fevereiro.

Até hoje, apenas a antiga União Soviética, Índia e Estados Unidos enviaram espaçonaves à lua, sendo os EUA o único país a colocar humanos na superfície lunar, a partir de 1969.

Coleta de Amostras Lunares

Utilizando uma colher e uma furadeira, o módulo de pouso Chang’e 6 buscará coletar 2 kg de material lunar ao longo de dois dias, trazendo-os de volta à Terra.

As amostras serão transferidas para um foguete de propulsão no módulo de pouso, que será lançado de volta ao espaço, acoplando-se a outra espaçonave na órbita lunar antes de retornar à Terra. A previsão é que o retorno ocorra na região da Mongólia Interior, na China, em 25 de junho.

Se bem-sucedida, a missão fornecerá um registro em perfeitas condições da história de 4,5 bilhões de anos da lua, oferecendo novas informações sobre a formação do sistema solar. Também permitirá uma comparação inédita entre a região oculta e inexplorada e o lado da lua mais bem conhecido voltado para a Terra.


  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • clarão—970×90
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494