Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • 2024 BANNER TOPO CAPA DE SITE DIA DE CAMPO DESKTOP
  • cq-01
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (2)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)

Secretaria da Agricultura esclarece danos da lagarta Helicoverpa armigera

Lagarta é considerada uma praga para as lavouras gaúchas


Por Redação/Clic Camaquã Publicado 12/03/2014
 Tempo de leitura estimado: 00:00

A lagarta Helicoverpa armigera não deve, no momento, ser motivo de pânico entre os agricultores gaúchos. A afirmação, do secretário adjunto da Agricultura, Pecuária e Agronegócio, Claudio Fioreze, foi feita na manhã desta terça-feira (11), em Não-Me-Toque, durante o 25º Fórum Nacional da Soja, que acontece na Expodireto Cotrijal. 

Segundo Fioreza, apesar da presença em todas as regiões produtoras de soja e na maioria das lavouras, o nível de dano não justifica a decretação de alerta sanitário no Estado, ao contrário do que ocorreu em outras unidades da federação. O secretário adjunto fez as declarações com base no monitoramento que está sendo feito por técnicos da Secretaria, do Ministério da Agricultura e outras instituições em todo o território gaúcho. “Estamos monitorando a incidência em 95 municípios, onde temos cerca de 200 armadilhas”, explicou. 

Os técnicos participantes do Fórum defenderam a adoção de métodos de controle integrados, além do monitoramento semanal e a capacitação para a identificação da praga e seus estágios para o momento certo de usar o produto. Também foi explanado que nos estágios iniciais de ataque a praga pode ser controlada parcial ou totalmente.


  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • globalway (1)
  • 2024 BANNER TOPO CAPA DE SITE DIA DE CAMPO DESKTOP
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (2)
  • cq-01