Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • cq-01
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • globalway (1)
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • 2024 BANNER TOPO CAPA DE SITE DIA DE CAMPO DESKTOP
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (2)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335

Primeira etapa de vacinação contra aftosa chega a 50% de cobertura

Primeira etapa de vacinação contra a febre aftosa se encerra no dia 31 de maio


Por Redação/Clic Camaquã Publicado 17/05/2014
 Tempo de leitura estimado: 00:00

A 15 dias do encerramento da primeira etapa de vacinação contra a febre aftosa, que se encerra no dia 31 de maio, o Estado já atingiu 50% de cobertura. A informação é do coordenador do Programa Nacional de Erradicação e Controle da Febre Aftosa (PNEFA), Fernando Groff. Os produtores têm até 6 junho para comprovar a vacinação nas Inspetorias de Defesa Agropecuária (IDA).

O número até agora representa cerca de 7 milhões de bovinos. O rebanho gaúcho é de aproximadamente 14 milhões de cabeças. A meta, estipulada pelo Ministério da Agricultura, precisa ultrapassar 90% de cobertura. O Rio Grande do Sul, na segunda fase do ano passado, em novembro, chegou a 97,9%. O Governo do Estado distribui gratuitamente 5,5 milhões de doses a pecuaristas familiares, numa iniciativa única no País, e investimento de quase R$ 10 milhões. 

Os produtores precisam estar enquadrados nos critérios do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e no Programa Estadual de Desenvolvimento da Pecuária de Corte (Pecfam), além de contar com, no máximo, cem animais por propriedade.

Eficiência vacinal 
Conforme determina a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE, sigla em inglês), a cada dois anos é necessário realizar inquérito soroepidemiológico de eficiência vacinal. No RS, será feito este ano. Serão coletadas amostras em localidades e propriedades sorteadas entre todas as cadastradas na Secretaria da Agricultura. Com isso, pretende-se comprovar eficiência da imunização do rebanho.


  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • 2024 BANNER TOPO CAPA DE SITE DIA DE CAMPO DESKTOP
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • cq-01
  • globalway (1)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (2)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335