Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • banner felice 2
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)

Preço do leite dispara e produtores relatam dificuldades: “Estamos pagando para trabalhar”

Enquanto preço do litro do leite chega a R$7 nos mercados de Camaquã, produtores relatam que lucro por litro não chega a R$0,50; entenda


Por Redação Clic Camaquã Publicado 04/07/2022
 Tempo de leitura estimado: 00:00
Preço do litro do leite dispara e produtores relatam baixo lucro
Preço do litro do leite dispara e produtores relatam baixo lucro

O preço do litro do leite foi um dos assuntos mais comentados das últimas semanas após novos reajustes, surpreendendo a muitos consumidores nas gôndolas dos supermercados. Nos mercados e supermercados de Camaquã e região, é comum encontrar o produto acima de R$7.

Para quem compra, a primeira impressão é de que o produtor está ‘enriquecendo’ com o aumento. De acordo com pesquisa realizada por um dos comentaristas do programa Campo em Dia, da ClicRádio, a realidade é outra.

Edmundo Peter, ex-presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Camaquã, realizou um levantamento junto a produtores de leite na região. Essa pesquisa apontou que, em média, o produtor recebe 54 centavos de lucro por litro de leite vendido.

O levantamento realizado por Edmundo aponta que o leite de boa qualidade pode chegar ao preço de R$2,34 por litro. Com os descontos da produção (ração, pastagem, óleo diesel, medicamentos e produtos de higiene), o produtor tem lucro de R$0,54, sem contar o preço da mão de obra.

“Conversei com o meu irmão, que é morador de Chuvisca e um dos principais produtores de leite da região, e ele me disse: hoje nós estamos pagando para trabalhar!”

Edmundo Peter falou sobre preço do leite na região de Camaquã
Edmundo Peter falou sobre preço do leite na região de Camaquã. Foto: Eduardo Costa

“A pergunta que fica é: quem está lucrando com tudo isso? O produtor não é! E o consumidor está pagando um preço alto pelo produto. Então, onde está isso aí? A gente sabe que o transporte é caro, a indústria tem custos, mas ficamos com um pé atrás que tem alguém lucranco com isso aí”

De acordo com o jornal Gazeta do Povo, o aumento no preço do leite, à nível nacional, foi se avolumando nos últimos três anos, num contexto de pandemia, alta do dólar e inflação, agravado pela seca na última safra e a guerra na Ucrânia.

O custo do milho, principal prato bovino, foi às alturas, assim como o de outros itens que pesam na produção leiteira, como suplementação mineral, fertilizantes e combustíveis.

O cenário causou uma diminição na demanda do produto e o preço disparou 30% em todo o país, com algumas regiões tendo o litro do leite acima de R$10.

Conforme mostram dados do CEPEA (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), desde o início do ano, o leite longa vida acumula alta de 28,03%. O IPCA-15, medido pelo IBGE, revela que os maiores aumentos se deram em abril (12, 21%) e maio (7,99%).

Confira a participação desta segunda-feira (4) e entenda o preço do leite:

Especialistas acreditam que o leite deve continuar caro pelo menos até setembro, ou até começarem as chuvas da Primavera. Além disso, a tendência de elevação nos preços internacionais de insumos como grãos e fertilizantes, assim como o câmbio desvalorizado, que estimula as exportações de leite, devem continuar prejudicando os consumidores brasileiros.


  • WhatsApp Image 2024-03-01 at 09.20.19
  • Banner-Camaqua_CC 970×90 (5)
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • banner felice 2
  • TEXEIRA GÁS ultragaz
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • _26345 banner topo 970×90 px (PNG)