Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • 2024 BANNER TOPO CAPA DE SITE DIA DE CAMPO DESKTOP
  • WhatsApp Image 2024-02-01 at 16.56.45
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • cq-01
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)

Biólogo explica sobre os cortes de vegetação agrupada em estado de regeneração

O biólogo explica que para que possa ser autorizado o corte tem que ser identificado o estágio de regeneração, avaliar o local e a necessidade


Por Kathrein Silva Publicado 11/01/2024
 Tempo de leitura estimado: 00:00
Design sem nome – 2024-01-11T142830.789
Foto: Adílio Ratto Jr/ Clic Camaquã

O biólogo Silvano Gross, participou do Campo em Dia, transmitido pela Clic Rádio e apresentado por Adílio Ratto Jr, desta quinta-feira (11), onde falou sobre como e quando pode fazer o corte de vegetação agrupada e sobre os cortes em vegetação em estado de regeneração.

O biólogo explica que a vegetação precisa ser analisada por um técnico e classificada, pois dentro da Biologia tem uma classificação e a legislação segue essa classificação para determinar o corte. O mesmo destaca que tem dois grupos dentro da vegetação a primária e a secundária. Na qual a primeira é a nativa, que não teve interferência direta do ser humano.

Sobre o último caso é depois de uma interferência e mata está em um processo de regeneração, a qual se subdivide em inicial, média e tardia, dependendo do tempo. E essa diferença que será utilizada pelo técnico para permitir ou não o corte.

Em geral, explica Silvano, na mata primária não será permitido o corte de vegetação e na mata secundária, no estágio inicial de regeneração, na maioria das vezes é permitido o corte, acompanhado de uma vistoria e um documento de autorização. No estágio médio de regeneração há casos mais específicos para autorização que dependem de uma justificativa e no estágio tardio de regeneração, são poucos casos autorizados.

Para que possa ser autorizado o corte tem que ser identificado o estágio de regeneração, avaliar o local e a necessidade. O biólogo também esclarece sobre a data 22 de julho de 2008, aonde o corte que foi feito, a partir dessa data, sem autorização vai precisar ser recuperado e antes dessa data se foi feito o corte e essa área continua sendo utilizada é chamada área consolidada e pode permanecer sendo utilizada dependendo de algumas regras.

  • Confira a entrevista completa:

  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • cq-01
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • 2024 BANNER TOPO CAPA DE SITE DIA DE CAMPO DESKTOP
  • WhatsApp Image 2024-02-01 at 16.56.45
  • Design sem nome – 2024-02-06T170807.664
  • globalway (1)