Polícia

Mãe que quis matar filha de 2 anos apresenta melhoras e segue internada

Mulher de 34 anos, que convidou filha para se matar em vídeo enviado para o ex-marido, deve deixar hospital e ir direto para a prisão
Por: Elias Bielaski | Publicado: 20/05/2021 às 15:55 | Alterado: 27/05/2021 às 23:44 | Fonte: Agência GBC e Agora no Vale
Foto: Agora no Vale / Reprodução
Foto: Agora no Vale / Reprodução

A motorista responsável por acidente que chocou o Rio Grande do Sul apresentou melhoras e pode ter alta nos próximos dias. A mulher de 34 anos apresentou melhora em seu quadro clínico nas últimas horas, de acordo com boletim emitido pelo Hospital de Pronto Socorro (HPS) de Canoas.

Receba as notícias do Clic no WhatsApp.

Ela segue internada em um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e caso tenha alta, deverá ser encaminhada para casa prisional imediatamente. A Polícia Civil pediu a prisão da mulher, já que os indícios apontam que ela causou o acidente de forma proposital.

Antes do acidente, em vídeo gravado dentro do veículo que acabou viralizando nas redes sociais, a mulher de 34 anos convidou a filha para "se matar" e pediu para que a criança se despedisse do 'papai', dizendo que ela não o veria novamente. 

Logo depois, ela se envolveu em acidente na BR-386, colidindo contra um caminhão e uma camionete. Os outros condutores não se feriram. O caminhoneiro relatou à Polícia que a mulher fez um movimento brusco e jogou o carro em direção ao caminhão, que não teve sequer tempo de desviar.

Baixe o aplicativo da ClicRádio no seu celular.

A mulher passou por cirurgia nesta última terça-feira (18) e já está com a prisão preventiva decretada. 

“Este mandado refere-se a tentativa de homicídio da filha, uma criança de apenas dois anos que estava junto no veículo”, explica a delegada regional da 19ª Delegacia de Polícia Regional de Lajeado, Shana Luft Hartz, em entrevista ao portal Agora no Vale.

Além disso, no vídeo, Ana pede para que a filha se despeça do pai. Chorando, a criança diz que não vai fazer isso. De acordo com a delegada, o homem já foi ouvido. “O pai da menina relata que eles já estão separados há um ano e que agora, então, tem outro relacionamento e que a mulher não estaria aceitando esse outro relacionamento que ele estaria mantendo com uma terceira pessoa”, conta a delegada.

Inscreva-se no canal do Clic no YouTube.

Confira o vídeo que mostra imagens gravadas imediatamente após a colisão:

Receba as notícias do Clic no WhatsApp.


deixe seu comentário