Boca no Trombone

Ciclistas denunciam buraco do tamanho de bicicleta na ERS-350, em Chuvisca

O registro foi feito na cidade de Chuvisca, em frente ao ponto conhecido como Armazém do Renatinho
Por: Elias Bielaski | Publicado: 29/04/2021 às 15:41 | Alterado: 06/05/2021 às 10:24
Fotos: Internauta / Clic Camaquã
Fotos: Internauta / Clic Camaquã

Nesta quinta-feira, 29 de abril, a reportagem do Clic Camaquã recebeu nova denúncia sobre problemas na ERS-350, no trecho entre Camaquã e Chuvisca. Desta vez, ciclistas registraram um buraco maior que uma bicicleta.

O registro foi feito na cidade de Chuvisca, em frente ao ponto conhecido como Armazém do Renatinho. No começo da semana, o programa Bom Dia Camaquã abriu espaço para dois ciclistas reivindicarem melhorias na ERS-350.

ClicRádio e Afubra sorteiam dois smartphones.

Os ciclistas José Rafael Bandeira Severo e Manoel Souza, o Manica, trouxeram relatos sobre a atual situação do trecho da rodovia, que atualmente apresenta risco para ciclistas, já que a mata tomou conta do acostamento. Em vídeo publicado nas redes sociais, Rafael relatou que diversos trechos apresentam perigo iminente de acidentes de trânsito.

"Eu pedalo há 11 anos e o Manica há mais de 20 anos. Esse ano eu completei 6.800km rodados de bicicleta. A gente roda todas as estradas e conhece todas as estradas. Eu tenho conhecimento do que é bom, do que funciona, e a nossa ERS-350 está largada"

Receba as notícias do Clic Camaquã no WhatsApp.

Rafael destacou que entende que a responsabilidade não é da Prefeitura de Camaquã e sim do Departamento Autônomo de Estradas e Rodagem (DAER), mas que muitas prefeituas realizam convênio com o DAER. Ele elogio a poda que é realizada pela Prefeitura de Chuvisca: "É só querer fazer", ressaltou.

Ele ainda destacou que não há espaço para a prática do ciclismo no acostamento da rodovia, bem como para a prática de corridas. O ciclista lembrou que a prática era comum mas na situação atual, fica impossível a prática de corrida.

O ciclista também destacou que o ciclismo e a prática esportiva são formas de se evitar outras doença, e por este motivo, devem ter atenção das autoridades. 

Inscreva-se no canal do Clic Camaquã no YouTube.

Assista a entrevista completa, disponível no Facebook e YouTube do Clic Camaquã:

deixe seu comentário