Últimas Notícias

Dia dos Filhos: 23 de setembro ressalta a importância de estar próximo e nutrir as relações familiares

Apesar da data não ser oficial no Brasil, famílias do país inteiro celebram esse dia; a mensagem mais importante para guardar no coração, neste dia e demais dias do ano, é “ser presente”
22/09/2020 - 15h:22min - Fonte:

Durante esta quarta-feira, 23 de setembro, é comemorado o “Dia dos Filhos”. Apesar da data não ser oficial no Brasil, famílias do país inteiro celebram esse dia. O que você pensa quando lê ou escuta a frase “Dia dos Filhos”? Em um primeiro momento é possível associar a data a algo semelhante ao dia das crianças, afinal não importa a idade que os filhos tenham, eles sempre vão ser “bebês” para os pais!

Na verdade a data foi criada para ajudar a fortalecer os laços familiares, independente da idade de pais e filhos. Com toda a correria do dia a dia, as famílias passam mais tempo longe do que perto. Para lembrar sobre a importância de estar próximo e nutrir as relações familiares que a data foi criada. 

A ideia mais importante para guardar no coração, neste dia e nos demais dias do ano, é sempre “ser presente”. Então esqueça os presentes, mimos e agrados comprados e embrulhados com laços. Sente ao lado dos seus filhos, converse, abrace e cubra de beijos sempre que puder. 

“Os filhos são herança do Senhor, uma recompensa que ele dá” - Salmos 127

Ao decorrer do livro mais antigo do planeta, existe a passagem bíblica descrita acima. Sem dúvida nenhuma os filhos são herança de Deus e não tem nada mais precioso do que eles. Só quem é mãe e pai sabe o quanto a vida se transforma depois da descoberta de uma gestação. Em um primeiro momento vem o susto, o medo e várias dúvidas. O susto passa, porém o medo e as dúvidas seguem frequentes na vida dos pais. 

O primeiro chorinho, a primeira vez que vê o rostinho e todas as outras primeiras vezes, marcam profundamente a nova etapa da vida de quem é pai e mãe. Se lá no início, em meio ao susto do resultado positivo, não se consegue imaginar ser responsável por uma criança, depois que ela nasce, não é mais possível se imaginar sem ela. Os filhos vêm e transformam tudo em um estalar de dedos. 

O Dia dos Filhos deveria ser todo dia, afinal quem muda tanto a gente assim, deve ser celebrado diariamente e em todos os momentos. Para quem não é mãe ou pai, fica difícil de compreender essa importância toda. Todo filho do mundo já deve ter escutado a frase “quando tu for mãe/pai tu vai saber” e, é exatamente isso que acontece. Só sente as alegrias das descobertas e os medos dos perigos, quem vive a maternidade ou a paternidade.  

Para tornar possível o dia dos filhos durante todos os dias do ano, dedique um tempinho para eles. Brinque, jogue conversa fora, assista um filme, ligue ou mande mensagens. Não importa a atividade que vai ser realizada em conjunto com os filhos, apenas interaja e demonstre a importância deles. E não esqueça de falar todos os dias “eu te amo”, essa frase nunca se desgasta. 

A importância do “eu te amo”

Independente do momento, as ações de carinho fazem uma diferença imensa no desenvolvimento dos filhos. Quem escuta que é amado e recebe um abraço, certamente vai se comportar de modo diferente em sua vida. Essa frase tão pequena, tão simples, tem um peso enorme na vida de quem escuta. 

Pais, o “eu te amo” pode até parecer dispensável. O abraço pode até parecer desnecessário. Porém a vida é dura e nem tudo ocorre como a gente acredita que seria o “certo”. De uma hora para outra tudo muda e pode não se ter mais a possibilidade de dizer essa frase simples e inútil. Acreditem, o “eu te amo” pode fazer uma falta imensa.   

 

deixe seu comentário