Mundo Animal

Detentos entregam primeiros abrigos para cães e gatos

Com apoio da DPE/RS, projeto “Amor de Bicho” é desenvolvido em casa prisional de Frederico Westphalen
Por: Elias Bielaski | Publicado: 26/11/2021 às 11:47 | Alterado: 03/12/2021 às 16:08 | Fonte: DPE/RS
Foto: DPE/RS
Foto: DPE/RS

O Presídio Estadual de Frederico Westphalen realizou na última quinta-feira (25) a entrega dos primeiros 10 abrigos para animais acolhidos por ONGs no município. A doação faz parte do projeto “Amor de Bicho”, que utiliza a mão de obra prisional para a produção de abrigos, comedouros, camas e redes de crochê para cães e gatos.

Os animais são assistidos pela Associação Melhores Amigos dos Animais (AMAA) e pelo Adote, também em FW.

Receba as notícias do Clic pelo WhatsApp <

“É um projeto de muitas faces, pois ajuda as ONGs, que possuem várias dificuldades, os animais, estimulando a adoção, além de gerar a possibilidade de emprego no presídio, auxiliando os presos a terem qualificação. Tem grande impacto e baixo custo”, explica o defensor público Thiago Oro Caum Gonçalves.

A iniciativa, lançada em setembro, conta com o apoio da Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul (DPE/RS), da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), do Rotaract Clube e do curso de Arquitetura da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI).

O objetivo, além da ressocialização dos presos, é contribuir com a promoção da defesa e do bem-estar dos animais.

Para promover práticas sustentáveis, todos os produtos são fabricados a partir da reutilização de sobras de materiais da construção civil.

Inscreva-se no canal do Clic no YouTube <

Além disso, as ONGs poderão utilizar as peças artesanais em seus programas de adoção para famílias de baixa renda ou comercializá-las para o custeio de despesas como castração e resgate de animais em situação de risco.

Para doar contate a AMAA ou o Rotaract Clube.

deixe seu comentário