Empregos e Carreiras

"A grande dificuldade foi conseguir um estágio", contam irmãs sobre preconceito em serem mulheres

Renata e Luísa Sábio, participaram do Elas por Elas, contaram sobre a dificuldade de conseguir estágio em empresas e da oportunidade que a Prefeitura proporcionou na Usina de Asfalto
Por: Renata Ulguim | Publicado: 01/07/2021 às 10:56 | Alterado: 08/07/2021 às 15:50

As irmãs gêmeas Renata Sábio e Luísa Sábio, participaram do programa Elas por Elas, de quarta-feira, 30 de junho. Elas contaram sobre a escolha do curso de engenharia de materiais e o quanto foi difícil conseguir um estágio em empresas da cidade de Camaquã.

O “Elas por Elas” conta com o patrocínio de Óticas Carol, Deseju's Moda Íntima, Magrass Camaquã e Drª Kelen Rocha.

“A gente está no último semestre de engenharia de materiais. Enfrentamos 5 anos de faculdade em Pelotas e a grande dificuldade que a gente achou ao longo dos anos, foi conseguir um estágio. Fomos em todas as empresas e indústrias de Camaquã, levando currículo, explicando que o estágio que a gente precisava era de 3 meses e não precisava ser remunerado, pois era para fim de conclusão de curso”, mencionaram.

Mesmo escutando muitos não, as meninas não desistiram de tentar um estágio. Pois precisavam dessa etapa para finalizar o curso e se formarem em engenharia de materiais pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel). “Foi muito difícil. Mandavam a gente retornar, falavam que não podiam falar com a gente, que estavam ocupados.

Receba as notícias do dia no seu WhatsApp

“Até então a gente estava desconfiada que a rejeição era por sermos meninas. Até a gente descobrir que realmente era por esse motivo. Pois ficamos sabendo que teve uns meninos, depois de nós procurando estágios nas empresas e, no outro eles conseguiram a vaga. E a gente estava na frente, indo todo o dia na empresa, tentando e falavam que não podiam falar com a gente”, afirmaram.

Já com o prazo estourado para finalizar o curso e ter o estágio, elas resolveram recorrer aos vereadores para conseguirem uma oportunidade. Foi então que conseguiram, após a autorização do prefeito Municipal Ivo de Lima Ferreira, um estágio na Usina de Asfalto de Camaquã. “Fomos na Eccos Estágios, eles ligaram para os engenheiros e no mesmo dia conseguimos”, disse. 

As meninas mencionaram que o estágio é mais laboratorial e que finaliza em agosto. "Está sendo uma experiência incrível. Na usina eles têm um laboratório, onde a massa asfáltica a gente analisa, tira o teor de umidade... realmente é um trabalho de engenheiro de materiais do pessoal lá da usina. A gente trabalha em equipe, eles nos auxiliam muito e a gente gosta muito... Os meninos são muito camaradas", salientaram.


Irmãs Renata e Luísa Sábio. Foto: Igor Garcia / Clic Camaquã

Assista a entrevista completa: 

Marque na sua agenda:

Clique aqui e assista os programas 

Todas as quartas-feiras, às 19h, você tem um encontro marcado com a jornalista Renata Ulguim no “Elas por Elas”. O público poderá interagir durante o programa, fazendo questionamentos e enriquecendo a conversa, com suas opiniões. Você pode acompanhar a transmissão ao vivo, através da página do facebook do Clic Camaquã e aplicativo da ClicRádio.  

deixe seu comentário