Saúde e Bem Estar

Reunião Almoço da ACIC conta com palestra de coordenadora da Liga

Veridiana Baldon, Coordenadora do Departamento de Prevenção da Liga Feminina de Combate ao Câncer de Camaquã, falou sobre sobre a campanha "Outubro Rosa"
Por: Sabrina Borges | Publicado: 14/10/2021 às 14:46 | Alterado: 20/10/2021 às 19:08
Foto: Eduardo Costa/Clic Camaquã
Foto: Eduardo Costa/Clic Camaquã
Foto: Eduardo Costa/Clic Camaquã
Foto: Eduardo Costa/Clic Camaquã
Foto: Eduardo Costa/Clic Camaquã
Foto: Eduardo Costa/Clic Camaquã

Nesta quinta-feira, 14 de outubro, ocorreu mais uma edição da tradicional Reunião Almoço da ACIC. Nesta semana o momento recebeu a palestrante Veridiana Baldon, Coordenadora do Departamento de Prevenção da Liga Feminina de Combate ao Câncer de Camaquã.

Veridiana falou sobre a importância da campanha Outubro Rosa e comentou sobre algumas das ações da que a Liga desenvolve na cidade. Durante este mês diversas ações são realizadas com o objetivo de promover a conscientização sobre a importância do autoexame e diagnóstico precoce do câncer de mama e colo do útero. 

Se o câncer for diagnosticado na fase inicial, pode reduzir significativamente a necessidade da retirada dos seios (mastectomia). Por isso a importância da campanha Outubro Rosa e a conscientização do autoexame. 

Confira todas as imagens do momento aqui
Saiba mais sobre os trabalhos da Liga Feminina 

Outra forma de prevenção muito importante é a realização periódica do exame de mamografia. Esse exame deve ser feito anualmente por mulheres com mais de 40 anos de idade.

Os números do câncer de mama comprovam a importância da atenção ao tema. Em média 2 milhões de mulheres são diagnosticadas com câncer de mama no mundo. Esse tipo de câncer está entre os três mais comuns do mundo, ao lado do câncer de pulmão e colorretal.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), a estimativa para cada ano do triênio 2020 a 2022, sejam diagnosticados no Brasil, cerca de 66.280 novos casos de câncer de mama por ano. Isso quer dizer que a cada 100 mil mulheres, 62 podem ter a doença.

É importante salientar que a Liga Feminina de Combate ao Câncer de Camaquã não atende apenas pacientes com câncer de mama e suas contribuições são variadas. Para colaborar com os atendimentos e ações da organização, basta entrar em contato através das redes sociais da Liga. 

Além disso, você também pode doar qualquer quantia em dinheiro através de PIX. Utilize o CNPJ – 042555770001/03, da Liga para realizar a transação. 

deixe seu comentário