Política

"Temos toda a capacidade de colocarmos uma cadeira na Assembleia Legislativa", afirma presidente da Câmara

O Controle Geral recebeu o presidente da Câmara de Vereadores, o vereador Luciano Cabeça e o presidente do Sindilojas Costa Doce, Otávio Morais, que falaram sobre a pesquisa realizada pelo PSDB
Por: Sabrina Borges | Publicado: 10/10/2021 às 09:30 | Alterado: 15/10/2021 às 05:23
Foto: Elias Bielaski/Clic Camaquã
Foto: Elias Bielaski/Clic Camaquã

Na manhã deste sábado, dia 09 de outubro, o programa Controle Geral recebeu o presidente da Câmara de Vereadores, o vereador Luciano Cabeça e o presidente do Sindilojas Costa Doce, Otávio Morais. Os convidados falaram sobre a pesquisa pesquisa de opinião pública que foi solicitada pelo Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) de Camaquã e teria embasou a decisão para a escolha do pré-candidato a deputado estadual. 

Ambos os convidados reafirmaram que haviam deixado seus nomes à disposição do partido e que ficaram surpresos com os números da pesquisa, que demonstrou o quanto a população anseia por um representante de Camaquã. "Eu fiquei muito satisfeito com a pesquisa, foi uma diferença de 20 e poucos votos", comentou Luciano. "Temos toda a capacidade de colocarmos uma cadeira na Assembleia Legislativa", afirmou o presidente da Câmara. 

Otávio comentou que o sentimento foi de gratidão por ver o quanto o seu nome foi lembrado, principalmente porque nunca ocupou um cargo publico. "Essa gratidão vem para uma presidência no Sindilojas, por ser atuante no comercio, defendendo as suas pautas dentro destes quatro anos", comentou. "Foi surpreendente, estamos falando de quase 12%, é um percentual muito importante e estar no meio deste grupo já é algo vitorioso", afirmou Otávio.

Luciano falou ainda sobre o início de uma CPI que deve ser instaurada no município para a apurar a denuncia de que um suposto vereador teria solicitado propina para votar a favor ao projeto da implantação da empresa Canarana na cidade. O projeto foi cancelado após o proprietário da empresa desistir do investimento. 

"Qualquer CPI que for instalada na Câmara ela é proposta por um vereador. Qualquer vereador menos o presidente pedir a instauração de uma CPI. A informação que eu tive e que está no sistema da Câmara para a assinatura de todos os colegas. Não aparece para mim, como eu não posso assinar. Vai ficar até quarta-feira esse pedido", contou Luciano.

"Eu acredito e tenho total certeza que todos os quatorze vereadores vão assinar a abertura. Essa CPI é para investigar um fato, a principio não tem nenhum acusação contra nenhum parlamentar. Vamos investigar um fato que está gravado, que foi falado em audiência publica, foi falado na imprensa nada melhor que o fato ser investigado e dar uma resposta para a comunidade. Porque a pessoa que fez essa acusação vai ter que provar", afirmou.

Otávio comentou sobre a abertura do comércio neste domingo que antecede o Dia das Crianças. As lojas que aderiram vão estar funcionando das 12h30 às 18h30 neste domingo. Os convidados falaram sobre outros assuntos, para conferir as entrevistas completas, assista o vídeo a seguir: 

deixe seu comentário