Política

"É sempre o cidadão que paga a conta", alerta vereador sobre tolerância do Rotativo em Camaquã

Vítor Azambuja (PP) questionou mudanças propostas no Rotativo e alertou para penalização dos usuários
Por: Elias Bielaski | Publicado: 11/10/2021 às 15:56 | Alterado: 18/10/2021 às 13:35
Foto: Elias Bielaski / Clic Camaquã
Foto: Elias Bielaski / Clic Camaquã

Na manhã desta segunda-feira, 11 de outubro, o programa Bom Dia Camaquã recebeu o vereador Vítor Azambuja, do Progressistas (PP). Ele realizou a tradicional participação do começo da semana por telefone, direto de Dom Pedrito.

Receba as notícias do Clic pelo WhatsApp <

No Sul do Estado, o vereador se reúne com o prefeito Mário Augusto e com o vereador Inspetor Patrício, também Progressistas, para debater projeto que visa dar maior segurança para moradores, criadores e produtores no interior do Município.

Com base em projeto já implantado em Dom Pedrito, o vereador planeja um replicar a ideia em Camaquã, criando um banco de dados que tornará o transporte de animais e da produção mais transparente, auxiliando o trabalho da DECRAB de Camaquã no interior.

A proposta foi apresentada pelo vereador camaquense ao prefeito Ivo de Lima Ferreira e aguarda o protocolo pertinente para o início da tramitação na Câmara de Vereadores.

"O projeto vem com intenção de modernizar uma ideia que já existe. Hoje existe um caderno com a marca do gado, para deixar registrado de quem é, de quem é a propriedade", conta.

Clic Camaquã anuncia Troféu Elas por Elas <

O vereador também aproveitou o espaço para demonstrar contrariedade à retirada da tolerância de dez minutos no Estacionamento Rotativo do Centro de Camaquã.

"A lei atual é clara. O condutor tem dez minutos para adquirir o ticket ou retirar o carro da vaga. Estou sendo repetitivo, mas a lei diz que se tu retirar o carro da vaga em cinco minutos, tu não precisa adquirir o ticket", explicou.

Segundo Vítor, a retirada, que foi sugerida pelo Poder Executivo e tramita pelas Comissões da Câmara, acabaria prejudicando os usuários.

"Se foi feito um edital pela Prefeitura para a licitação, e depois assinado um contrato esquecendo deste artigo, o problema não é do cidadão, o problema não é dos vereadores. É um problema que precisava ser resolvido pela Prefeitura de forma adminitrativa ou jurídica", ressalta.

Assista a transmissão do Prêmio Prime 2021 <

"O cidadão não pode pagar o pato. É sempre o cidadão que paga a conta!", exclamou.

Vítor destacou que a empresa cumpre o que está escrito no contrato, mas que o contrato foi redigido de forma equivocada pela Prefeitura: "O correto é estar de acordo com a lei", falou.

Ele destacou que desde o início da polêmica envolvendo o tema, vereadores de situação afirmaram que todos os que votassem contra, queriam o fim do serviço em Camaquã. Vítor ressalta que a afirmação dos vereadores de situação não procede.

"Os vereadores da base já foram diversas vezes às rádios e na Tribuna defender a retirada da tolerância de dez minutos, e aqui, Elias, não está se falando de fim de rotativo. Quando a gente defende manter a tolerância, alguns dizem que a gente quer o fim do rotativo: coisa nenhuma!", exclamou.

Clique aqui e vote no Prêmio Prime 2022 <

O vereador defendeu que o rotativo seja ampliado e que a rua Bento Gonçalves também passe a ter o mesmo sistema em toda a sua extensão. Ele defendeu que o rotativo seja fortalecido e que a tolerância seja mantida.

Ainda no assunto, ele falou sobre o reajuste feito pela empresa recentemente: "Porque se aumentou, nos 30 minutos 15% e nos demais, apenas 10%?", questionou.

Assista a entrevista completa:

De segunda à sexta-feira, o programa Bom Dia Camaquã abre espaço aos vereadores de Camaquã. Entre 9h e 10h, o programa recebe dois vereadores, que fazem sua participação semanal em forma de debate e com dias fixos.

Assista a transmissão do Prêmio Prime 2021 <

Nas quartas, quintas e sextas, o programa também conta com o comentário de ex-vereadores:

Segunda-feira: Luciano Cabeça e Vítor Azambuja

Terça-feira: Ilson Meireles e Vinícios Araújo

Quarta-feira: Comentário do ex-vereador Nelson Egon Geiger; João Pedro Grill

Quinta-feira: Comentário do ex-vereador Fúlvio Lessa da Rosa; Claiton Silva e Daniel da Pacheca

Sexta-feira: Comentário do ex-vereador Marco Longaray

Receba as notícias do Clic pelo WhatsApp <

deixe seu comentário