Polícia

Justiça solta acusado de agredir a mãe de 72 anos em Canoas

O homem foi solto cerca de 24 horas após a prisão, ocorrida no último domingo (9)
Por: Elias Bielaski | Publicado: 12/01/2022 às 10:59 | Alterado: 17/01/2022 às 01:50 | Fonte: Agência GBC
Foto: Agência GBC / Divulgação
Foto: Agência GBC / Divulgação

A Justiça soltou o homem de 54 anos que foi preso em flagrante por violência doméstica em Canoas. Ele tinha sido preso pelos agentes da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) após agredir a própria mãe, uma idosa de 72 anos.

Receba as notícias do Clic pelo WhatsApp <

O homem foi solto cerca de 24 horas após a prisão.

Ele foi pego, conforme a Polícia Civil, depois que a mãe dele, uma idosa de 72 anos, procurou a delegacia para dizer que foi agredida, injuriada e ameaçada pelo próprio filho.

Em seu depoimento, ela relatou que sofre há mais de 30 anos com as agressões físicas, patrimoniais e psicológicas.

A idosa afirmou que o filho sofre com problemas psiquiátricos e tem longo histórico de uso de drogas.

Inscreva-se no canal do Clic no YouTube <

Familiares denunciaram ele novamente, e os investigadores da DEAM conseguiram prendê-lo preventivamente.

Trabalho da polícia no combate à violência doméstica

“A violência doméstica retrata a dura realidade em que algumas pessoas estão inseridas. No caso de hoje, trata-se de uma senhora de 72 anos, frágil e sem condições de defesa o que facilitava as inúmeras investidas do agressor”, enfatiza a delegada Clarissa Demartini, titular da DEAM, ao reforçar a importância de pedir ajuda a polícia o mais rápido possível.

O diretor da 2ª Delegacia de Polícia Região Metropolitana (2ª DPRM), delegado Mario Souza, destaca que o enfrentamento à violência doméstica é uma das prioridades.

Clic Camaquã promove o Miss Praia 2022 <

“A Polícia Civil sempre buscará meios para restabelecer a segurança da vítima e familiares. É importante que as pessoas procurem a delegacia para denunciar a violência que estão sofrendo”.
deixe seu comentário