Obras e Infraestrutura

Governo assina contrato para estudo da Barragem do Arroio Sutil, em Dom Feliciano

Foram confirmados e liberados os recursos para estudo da construção da barragem no Arroio Sutil
Por: Elias Bielaski | Publicado: 11/01/2022 às 11:01 | Alterado: 17/01/2022 às 04:18 | Fonte: Assessoria de Imprensa - Deputado Marcus Vinícius
Foto: Google Street View / Reprodução
Foto: Google Street View / Reprodução

Uma das pautas mais antigas da região Costa Doce começa a ser atendida. Foram confirmados e liberados os recursos para estudo da construção da barragem no Arroio Sutil, em Dom Feliciano. O pleito visa a melhoria do bem-estar social dos moradores da região, assim como a potencialização da produção agrícola da região.

Receba as notícias do Clic pelo WhatsApp <

Por iniciativa do deputado estadual e presidente da Frente Parlamentar da Metade Sul, Marcus Vinicius de Almeida (PP), do deputado federal Jerônimo Goergen (PP) e do senador Luís Carlos Heinze, (PP), o ofício entregue ao Ministro Rogério Marinho, que atende a pasta do desenvolvimento regional.

A assinatura libera um valor de R$ 2 milhões, sendo que R$ 712 mil serão destinados para fase inicial do projeto.

Para Marcus Vinícius, natural da região, a construção da barragem no Arroio Sutil é um grande avanço para a Costa Doce.

“Estamos diante de uma grande oportunidade de fazer com que a região de Camaquã, seja reconhecida como a zona de melhor gestão hídrica do Brasil. Temos a chance de potencializar nosso agronegócio e economia”, disse. 

Inscreva-se no canal do Clic no YouTube <

Já para Celso Bartz, presidente da Associação dos Usuários do Perímetro de Irrigação do Arroio Duro (AUD), a obra será de suma importância para diversas áreas, não só para o crescimento da região, mas também pelo fator de trazer prevenção para os períodos de estiagem.

“O barramento do Arroio Sutil viabilizará outras possibilidades além da irrigação, como geração de energia e desenvolvimento regional, já que abastecerá uma área de 60 mil hectares aproximadamente. Também, teremos a importância do acúmulo da reserva de água também ajudará no período de estiagem, que há anos assola o Rio Grande do Sul, terá um impacto importante para nosso estado”, afirmou. 

Com o projeto de barragem, haverá um importante acréscimo para o setor agrícola nas cidades de Dom Feliciano, Camaquã, Cristal e Arambaré.

Clic Camaquã promove o Miss Praia 2022 <

Os estudos serão feitos em parceria com a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

deixe seu comentário