Obras e Infraestrutura

Arambaré: Ponte João Goulart será interrompida para reforma

Ponte que liga Costa Doce e Caramuru ficará com o trânsito de veículos interrompido por três dias para a troca das pranchas de madeira
Por: Elias Bielaski | Publicado: 12/11/2021 às 15:44 | Alterado: 18/11/2021 às 17:25
Foto: Eduardo Costa / Clic Camaquã
Foto: Eduardo Costa / Clic Camaquã

A Ponte João Goulart, que liga duas partes de Arambaré, deve ser interditada na próxima semana. Ela ficará com trânsito de veículos interrompido durante três dias.

Receba as notícias do Clic pelo WhatsApp <

A interrupção ocorre em virtude da necessidade da troca de pranchas da ponte de madeira.

A manutenção acontece na próxima semana, nos dias 16, 17 e 18 de novembro.

Nova ponte

Em estado de conservação precário, a estrutura, que já teve sua capacidade para veículos de até 36 toneladas, teve sua primeira redução de classe em 2013. De 36t, passou para 25 toneladas. Logo em seguida, a capacidade foi reduzida para 16 toneladas.

Promoção de Natal do Clic sorteia R$1.100 <

Mais recentemente, em 26 de setembro de 2017, a Ação Civil Pública nº 007/116.00030474 fixou que até a sua manutenção e/ou reconstrução, o tráfego de veículos fica limitado ao peso máximo de 3,5 toneladas.

Em julho de 1992, um acidente com uma carreta provocou a queda total da estrutura. A nova ponte foi reinaugurada no governo Collares, em 1994, mas sem a renovação de toda a parte metálica para sustentação.

Em entrevista exclusiva ao programa Controle Geral, o prefeito Jardel Cardoso trouxe informações sobre obra que chega para solucionar o problema na ponte. Assista:

Inscreva-se no canal do Clic no YouTube <

A Prefeitura Municipal de Arambaré informou através de suas redes sociais oficiais, a realização de uma Audiência Pública nesta sexta-feira (12), às 19h, no Centro Cultural Inúbia.

O objetivo da audiência é debater e aprovar financiamento para a construção da ponte João Goulart. 

O prefeito destacou que a discussão junto aos vereadores e a comunidade deve se iniciar ainda em 2022, com três possibilidades para solucionar o problema. 

A Caixa acenou positivamente para a liberação de financiamento de R$8 milhões, dos quais uma parte será utilizada para a construção de uma nova ponte e o restante, para a recuperação das demais pontes do interior do município.

> Clique aqui e saiba mais <

deixe seu comentário