Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • 970×90 (3)
  • clarão—970×90
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335

Projeto “Lendo para a Liberdade” é reconhecido em fórum regional

A iniciativa realizada no Presídio Estadual de Camaquã tem como principais objetivos reabilitar e reintegrar socialmente os apenados por meio da leitura e da escrita


Por João Victor Fagundes Publicado 17/06/2024
Ouvir: 00:00
lendo para liberade
Foto: Divulgação

Com lançamento previsto para agosto deste ano, o conselho editorial da editora Atena anunciou o lançamento do próximo livro digital da editora, intitulado “Psicologia e bem-estar: caminhos para a saúde mental”, que contará com a participação dos profissionais do Presídio de Camaquã responsáveis pelo projeto “Lendo para a Liberdade”.

O artigo em questão ressalta um projeto inovador que tem como objetivo principal oferecer aos apenados uma chance de reduzir suas penas por meio da leitura e da escrita. O projeto proporciona aos detentos um caminho educativo e visa atingir objetivos importantes para a evolução pessoal e social dos apenados.

Conforme os desenvolvedores, os três principais pilares do projeto são:

  • Estimular a escrita para que os apenados possam desenvolver um olhar para fora da prisão;
  • Instigar a ressignificação do tempo livre dos apenados;
  • Motivar os apenados nesse processo, contribuindo para a formação de cidadãos críticos e participativos, que adquiram competência para opinar e expressar suas ideias, obtendo melhor interação na sociedade.

O projeto foi apresentado no 4° Fórum Prisão, Universidade e Comunidade e 2o Fórum Regional de Conselhos da Comunidade da 5ª Região Penitenciária do Rio Grande do Sul por Luciane Figueiredo Centeno, Lilian Signorini Lafuente, Cleusa Maria de Farias Rodrigues, Suzana Miranda de Alencastro, Hingrid da Silva Peres, Magnalda da Silva Maia, e Kenian Idamires Dietrich Trindade e está sendo divulgado e reconhecido em âmbito internacional (Argentina e Itália), como exemplo de boas práticas no sistema prisional.


  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • clarão—970×90
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • 970×90 (3)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335