Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • clarão—970×90
  • BANNER UNICRED 2
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • 970×90 (3)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111

Prisão preventiva de militares que lideraram tentativa de golpe na Bolívia é decretada por juiz

Justiça boliviana ordenou seis meses de prisão preventiva contra o general Juan José Zúñiga e outros dois militares envolvidos na tentativa de golpe


Por João Victor Fagundes Publicado 29/06/2024
Ouvir: 00:00
bolivia
Foto: AIZAR RALDES / AFP

A Justiça boliviana decretou nesta sexta-feira (28) a prisão preventiva de seis meses para o general Juan José Zúñiga e outros dois militares, acusados de liderar uma tentativa de golpe de Estado contra o presidente Luis Arce.

Zúñiga, ex-comandante do Exército; o vice-almirante Juan Arnez, ex-comandante da Marinha; e Alejandro Irahola, ex-chefe da brigada mecanizada do Exército, serão detidos em uma prisão de segurança máxima nos arredores de El Alto. Os três são acusados de levante armado e terrorismo, crimes que podem resultar em penas de até 20 anos de prisão, conforme informado por Siles à TV estatal.

Embora a audiência tenha ocorrido de forma virtual, dezenas de manifestantes se reuniram perto do Ministério Público e do quartel onde Zúñiga está detido, em La Paz, exibindo cartazes em apoio à democracia.

Até agora, 21 militares da ativa, aposentados e civis foram presos pela tentativa de golpe ocorrida na última quarta-feira, quando tropas com tanques cercaram a sede da presidência por várias horas.


  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • clarão—970×90
  • BANNER UNICRED 2
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • 970×90 (3)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335