Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • 970×90 (3)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • clarão—970×90
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • BANNER UNICRED 2

Prefeito de Arambaré esclarece polêmica sobre interdição da ponte João Goulart

Durante sua participação no Programa Bom Dia Camaquã desta terça-feira (18), o prefeito de Arambaré expôs as dificuldades que o município passa durante o período de calamidade, além de comentar sobre a interdição da ponte João Goulart e a situação das estradas no município


Por João Victor Fagundes Publicado 18/06/2024
Ouvir: 00:00
jardel
Foto: Eduardo Costa / Clic Camaquã

No Programa Bom Dia Camaquã desta terça-feira (18), Jardel Cardoso (PL), prefeito de Arambaré, e Letícia Soares, procuradora do município, estiveram esclarecendo as questões acerca da interdição da ponte João Goulart, principal acesso aos bairros Caramuru e Cibislândia.

Jardel ressalta o estado de calamidade que o município recentemente enfrentou durante o período das enchentes, influenciando diretamente no avanço das obras da ponte, segundo ele. “Antes da sua vontade (dos moradores) de passarem com veículos (pela ponte), pois estão passando a pé, existe a responsabilidade pública”, afirma o prefeito, que reitera que o trânsito de pedestres segue liberado pela passarela que faz a travessia entre o centro e os bairros.

Procuradora afirma que balsa interditada é “Fake News”

“A balsa nunca esteve interditada” destaca Letícia, que explica que a balsa nunca esteve em operação para terceiros, visto que apenas foi feito um teste junto à Marinha do Brasil que conduz todas as operações realizadas em âmbito marítimo no país. “Em nenhum momento veio alguma notificação de interdição”, completa a procuradora, que refere-se como “fake news” as afirmações de que a estrutura estaria interditada.

“A previsão (para o funcionamento da balsa) é de o mais rápido possível”, salienta Jardel, afirmando que o município depende apenas da baixa do arroio, visto que com o avanço das águas, os veículos não conseguem chegar às margens do arroio para realizar a travessia.

Situação das estradas no município

Jardel Cardoso comenta sobre a precariedade das estradas que dão acesso ao município. “Nem Arambaré, nem cidade nenhuma sairá desta situação sem suporte do Governo Federal“, explica o prefeito, que expõe as dificuldades que o município tem passado durante o período de calamidade. “O estado é lento nas suas licitações”, diz Jardel.

“Arambaré tem água, areia e terra”. Jardel destaca a dependência de recursos oriundos de outros meios governamentais para a manutenção das estradas do interior e da cidade. O prefeito afirma que as máquinas de Arambaré chegaram no limite, tendo em vista a sequência de eventos climáticos que assolaram o município.

Confira a participação completa;


  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • clarão—970×90
  • 970×90 (3)
  • BANNER UNICRED 2