Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • 970×90 (3)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • BANNER UNICRED 2
  • clarão—970×90
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111

Vereador Vítor Azambuja sobre saneamento em Camaquã: “não podemos municipalizar o serviço”

O parlamentar concorda com a abertura de licitação que deve ser promovida pela Prefeitura de Camaquã


Por Pablo Bierhals Publicado 24/10/2023
Ouvir: 00:00
Foto: Pablo Bierhals/Clic Camaquã

O vereador Vítor Azambuja (Progressistas) participou do programa Bom Dia Camaquã, da Clic Rádio, na manhã desta terça-feira (24), onde repercutiu os principais assuntos que foram pauta na sessão de segunda-feira (23), na Câmara de Vereadores de Camaquã. Ele falou sobre um projeto de doação de um terreno público para Associação de Comboios de Amigos Sul América (ACASA), sobre o saneamento no município e outros assuntos.

De acordo com o parlamentar, que é oposição à atual gestão, é importante que a associação possua uma sede própria, visto o número significativo de profissionais no município, demonstrando apoio ao Projeto de Lei nº 44/2023, do Poder Executivo de Camaquã. O terreno em questão possui 9.600,00 m² e fica localizado na esquina entre as ruas Montenegro e Canguçu, no bairro Viegas. Conforme relatado no projeto, após a doação do terreno, a ACASA poderá construir a sede e promover o desenvolvimento de práticas culturais, educacionais, de saúde e esportivas. Azambuja espera que o projeto seja aprovado por unanimidade na próxima sessão.

Sobre o saneamento em Camaquã, o vereador lembrou que a Companhia Riograndense de Saneamento (CORSAN) foi privatizada, sendo adquirida pela Aegea Saneamento. Após a privatização, a Prefeitura de Camaquã optou por não renovar o contrato com a empresa. Segundo Azambuja, há dois caminhos: municipalizar o saneamento ou abrir uma licitação para que outras empresas concorram à prestação do serviço.

O vereador salienta que, na sua opinião, a abertura de licitação, como ocorre em Camaquã, é o melhor caminho para definir qual empresa de saneamento vai atuar no município. Ele afirma que a municipalização seria um erro, pois não existem casos de sucesso onde prefeituras assumem a prestação deste serviço. Segundo Azambuja, é importante que uma empresa com condições reais de investimento assuma o setor em Camaquã, para que possam ser cumpridos os critérios exigidos no Marco do Saneamento, em vigor nacionalmente desde 2020.

No final de sua participação, o vereador falou sobre reclamações sobre falta de merenda em escolas municipais em Camaquã. Ele afirma que as reclamações serão investigadas por seu gabinete no decorrer da semana.

Confira a participação completa no Bom Dia Camaquã:


  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • globalway (1)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • 970×90 (3)
  • clarão—970×90
  • BANNER UNICRED 2