Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • globalway (1)
  • 970×90 (3)
  • clarão—970×90
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)

Operação combate armazenamento, produção e compartilhamento de pornografia infantojuvenil no RS

Foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão (15 locais) em diversos bairros da capital gaúcha


Por Redação Clic Camaquã Publicado 25/08/2021
Ouvir: 00:00

Nos dias 24 e 25/08, a Polícia Civil, por intermédio da Divisão da Criança e Adolescente (DECA), do Departamento de Proteção a Grupos Vulneráveis (DPGV), deflagrou a 5ª Fase da Operação Infância Protegida, com atuação no âmbito estadual, visando combater o armazenamento, a produção e o compartilhamento de pornografia infantojuvenil na Internet.

Concorra a um rancho do Macro Atacado Krolow <

Foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão (15 locais) em diversos bairros da capital.

Na ação, 6 pessoas foram presas em flagrante pelo crime de armazenamento de material pornográfico infantojuvenil, e os outras 7 pessoas  responderão a Inquérito Policial, em razão da apreensão de equipamentos utilizados na prática delituosa.

Foram apreendidos computadores, notebooks, tablets, smartphones e dispositivos de armazenamento de arquivos digitais, o quais serão encaminhados para posterior perícia.

Uma pessoa foi detida por posse de entorpecentes.

Receba as notícias do Clic pelo WhatsApp <

O início das investigações ocorreu há aproximadamente seis meses através de diligências realizadas por policiais da 2ª Delegacia de Polícia de Proteção à Criança e ao Adolescente de Porto Alegre – 2ª DPCA.

Após identificados os suspeitos, por meio de técnicas de investigação específicas, a condução dos trabalhos restou descentralizada para a 1ª e 3ª Delegacias de Proteção à Criança e ao Adolescente. 

Os laudos preliminares elaborados in locu pelos peritos do Instituto Geral de Perícias-IGP verificaram conteúdo pornográfico infantojuvenil nos equipamentos apreendidos, o que embasou a materialidade do crime e, consequentemente, as prisões em flagrante.

A 1ª Fase da Operação Infância Protegida ocorreu no ano de 2017, inclusive no interior do Estado, resultando num total de 31 pessoas presas. A 5ª Fase, realizada nesta terça e quarta-feira, contou com a participação de 42 policias civis e 10 peritos do IGP-RS.

Inscreva-se no canal do Clic no YouTube <

Maiores informações poderão ser obtidas com a Delegada Eliana Parahyba Lopes, Diretora da Divisão da Criança e Adolescente (DECA), do Departamento de Proteção a Grupos Vulneráveis (DPGV).


  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • clarão—970×90
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • 970×90 (3)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)