Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • BANNER UNICRED 2
  • 970×90 (3)
  • globalway (1)
  • clarão—970×90
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)

Pelotas registra abalo sísmico de 2,5 graus na escala Richter

Inicialmente, foi cogitado que o grande estrondo relatado por vários moradores fosse proveniente de uma pedreira localizada interior do município, no entanto, o fenômeno natural foi confirmado pelo Centro de Sismologia da USP


Por João Victor Fagundes Publicado 28/06/2024
Ouvir: 00:00
pelascom
Foto: Janine Tomberg / ASCOM

O Centro de Sismologia da USP confirmou um tremor de 2,5 graus na escala Richter em Pelotas, ocorrido na tarde de quinta-feira (27), conforme relatado por muitos moradores. A Defesa Civil do município informou que não houve ocorrências, incidentes ou danos relacionados ao tremor, enquanto a Defesa Civil regional continua monitorando o evento e consultando especialistas da UFPel para obter mais informações técnicas.

Felipe Leitzke, coordenador do curso de Engenharia Geológica da Universidade Federal de Pelotas, esclareceu que esse tipo de tremor é comum e ocorre na crosta terrestre. “Tremores com magnitude inferior a três graus são frequentes. Eles resultam da pressão causada pelo movimento de rochas em fraturas ou falhas a até dez quilômetros de profundidade, não havendo motivo para preocupação”, explicou.

Leitzke acrescentou que o tremor foi detectado pelo sismógrafo em Pedras Altas. Ele também considerou improvável que a causa fosse uma explosão em pedreiras no interior de Pelotas, devido à distância do equipamento que registra essas vibrações.


  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • clarão—970×90
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • BANNER UNICRED 2
  • globalway (1)
  • 970×90 (3)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494