Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • globalway (1)
  • 970×90 (3)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • clarão—970×90
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • BANNER UNICRED 2

Mais de 500 muçulmanos em peregrinação à Meca morrem devido as altas temperaturas

Um dos cinco pilares do Islamismo, o Haji, iniciou na última quarta-feira (15) sob temperaturas que ultrapassaram os 50°C


Por Kathrein Silva Publicado 19/06/2024
Ouvir: 00:00
PNG (19)
Foto: Sarp Ozer

Na Arábia Saudita pelo menos 550 pessoas morreram neste ano durante a Haji, peregrinação muçulmana à Meca, devido ao calor extremo. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (19).

Um dos cinco pilares do Islamismo, o Haji, iniciou na última quarta-feira (15) sob temperaturas que ultrapassaram os 50°C. Cerca de 1,8 milhão de muçulmanos participaram da peregrinação deste ano, sendo 1,6 milhão deles vieram do exterior, segundo autoridades sauditas.

Segundo informações do necrotério do hospital no bairro de Al-Muaisem, em Meca, pelo menos 323 egípcios morreram durante o evento em decorrência de doenças causadas pelas altas temperaturas. O Ministério das Relações Exteriores do Egito afirmou que Cairo e as autoridades sauditas iniciaram uma operação de busca para encontrar os seus cidadãos desaparecidos durante a peregrinação. 

Dentre os óbitos estão pelo menos 60 pessoas da Jordânia, moradores do Irã, Indonésia e Senegal.

Temperaturas extremas

Os termômetros atingiram 51,8°C na Grande Mesquita de Meca na segunda-feira (17), de acordo com o centro meteorológico nacional saudita.

Mais de 2 mil peregrinos receberam tratamento médico até o domingo (16), após sofrerem de estresse térmico. Muitos dos rituais do Haji, incluindo as orações no Monte Arafat que ocorreram no sábado, são realizados ao ar livre, fazendo com que os peregrinos fiquem expostos diretamente ao sol. 

Clandestinos

Todos os anos, dezenas de milhares de pessoas tentam chegar a Meca através de rotas irregulares por não possuírem recursos financeiros para adquirir os vistos oficiais do Haji.

A peregrinação clandestina coloca muitos muçulmanos em risco durante os períodos de calor extremo, pois impede que eles percorram a rota oficial do Haji, que é equipada com ar condicionado.

Haji

O Hajj é um dos cinco pilares do Islã e determina que um muçulmano faça uma peregrinação a Meca pelo menos uma vez na vida, caso tenha condições de fazê-lo. A peregrinação começa com o ritual do “tawaf”, que consiste em dar voltas na Kaaba, a estrutura cúbica preta na direção da qual todos os muçulmanos do mundo rezam, localizada no coração da Grande Mesquita.

Depois, os fiéis seguem para Mina, um vale cercado por montanhas rochosas a vários quilómetros de Meca, onde passam a noite em tendas climatizadas. Esta prática é uma fonte de prestígio e legitimidade para a Arábia Saudita, cujo rei leva o título de Guardião das duas mesquitas sagradas de Meca e Medina.


  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • BANNER UNICRED 2
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • 970×90 (3)
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • clarão—970×90
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)