Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • globalway (1)
  • 970×90 (3)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • clarão—970×90
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • BANNER UNICRED 2
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)

Ministério da Saúde alerta para baixas temperaturas no Sul

O Ministério da Saúde enfatizou que o clima frio facilita a disseminação de vírus causadores de infecções respiratórias, como gripe, resfriados e COVID-19, uma vez que as pessoas tendem a permanecer mais tempo em ambientes fechados e pouco ventilados


Por Pablo Bierhals Publicado 03/07/2024
Ouvir: 00:00
frio geada
Foto: Internauta/Clic Camaquã. Frio e geada.

Diante da previsão de frio intenso para a Região Sul do Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul, o Ministério da Saúde emitiu nesta terça-feira (2) um alerta para as possíveis consequências da queda acentuada de temperaturas. Segundo o órgão, “a hipotermia e as doenças respiratórias representam uma grande ameaça à saúde da população”.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) informou que as temperaturas na região devem variar entre 0°C e 5°C durante as madrugadas nos próximos dias, mantendo-se baixas ao longo do período.

Riscos à Saúde

O Ministério da Saúde enfatizou que o clima frio facilita a disseminação de vírus causadores de infecções respiratórias, como gripe, resfriados e COVID-19, uma vez que as pessoas tendem a permanecer mais tempo em ambientes fechados e pouco ventilados.

“A manutenção da vacinação em dia, especialmente contra gripe e pneumonia, é crucial para reduzir o risco de complicações respiratórias. Práticas simples, como lavar as mãos frequentemente e evitar tocar o rosto, também são eficazes na prevenção de infecções”, destacou o ministério em comunicado.

Cuidados Durante o Frio Intenso

O ministério alertou que o inverno rigoroso traz consigo um inimigo “silencioso e potencialmente letal”, a hipotermia. Essa condição é caracterizada pela redução da temperatura corporal abaixo de 35°C e pode ocorrer rapidamente em situações de frio extremo, principalmente quando acompanhadas de ventos fortes e alta umidade. Os sintomas incluem palidez, tremores intensos e extremidades frias.

Recomendações para Enfrentar o Frio:

  • Hidrate-se Bem: A desidratação pode ocorrer mesmo no frio. É essencial beber bastante água e evitar bebidas alcoólicas, que aumentam a perda de calor corporal.
  • Agasalhe-se Adequadamente: Vestir-se em camadas ajuda a reter o calor corporal. Use roupas térmicas, casacos, luvas, gorros e cachecóis para proteger as extremidades.
  • Cuidados com a Pele: O frio intenso pode ressecar a pele. Utilize hidratantes para evitar rachaduras e irritações.
  • Uso de Aquecedores: Certifique-se de que os aquecedores estão em boas condições e mantenha uma ventilação adequada para evitar intoxicação por monóxido de carbono.
  • Proteção dos Pés e Extremidades: Use calçados impermeáveis e meias de lã para manter os pés secos e quentes, prevenindo frieiras e hipotermia.
  • Atividades Físicas em Casa: Realize exercícios leves em casa para manter a circulação e a temperatura corporal.
  • Evite Sair de Casa sem Necessidade: Limite as atividades ao ar livre durante os períodos mais frios, especialmente para grupos mais vulneráveis.

“Pessoas mais vulneráveis, como idosos, crianças e indivíduos com doenças crônicas, estão mais suscetíveis à hipotermia e devem receber atenção especial durante períodos de frio intenso”, alertou o ministério.

Orientações Médicas

Em caso de persistência dos sintomas de hipotermia ou se a temperatura corporal não aumentar, é fundamental buscar ajuda médica imediatamente.

Com a previsão de frio intenso na Região Sul, é essencial adotar medidas preventivas para proteger a saúde da população, especialmente dos grupos mais vulneráveis. Manter-se bem agasalhado, hidratado e atento aos sinais de hipotermia pode fazer a diferença durante este período de baixas temperaturas.


  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • clarão—970×90
  • 970×90 (3)
  • BANNER UNICRED 2
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Banner-Camaqua_CC 970×90