Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • globalway (1)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • clarão—970×90
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • 970×90 (3)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • BANNER UNICRED 2

Mais de 268 mil famílias se habilitam ao Auxílio Reconstrução no RS

O valor único ajudará moradores de áreas atingidas por chuvas volumosas e enchentes, entre abril e maio deste ano, no estado, no enfrentamento à situação de calamidade


Por Pablo Bierhals Publicado 03/07/2024
Ouvir: 00:00
_mg_3414
Foto: Bruno Peres/Agência Brasil

O Ministério da Integração e Desenvolvimento Regional (MIDR) anunciou que 268.878 famílias desabrigadas no Rio Grande do Sul estão qualificadas para receber o Auxílio Reconstrução, um pagamento único de R$ 5.100. Esse auxílio visa ajudar os moradores das áreas afetadas por intensas chuvas e enchentes ocorridas entre abril e maio deste ano a enfrentarem a situação de calamidade.

Após a habilitação, o responsável pela família deve confirmar os dados cadastrados pela prefeitura no site do programa do governo federal. Até esta segunda-feira (1º), 256 mil famílias já validaram seu registro.

O ministro-chefe da Secretaria Extraordinária de Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul, Paulo Pimenta, comemorou no X a marca de mais de 250 mil famílias habilitadas para receber o auxílio financeiro. “Todas as pessoas que residem nas áreas alagadas e tiveram suas casas atingidas têm direito a receber esse auxílio. É nesse sentido que nós estamos trabalhando”, escreveu ele.

Cadastros em Análise e Prazo Estendido

As prefeituras do Rio Grande do Sul cadastraram um total de 597.746 famílias. Deste total, 253.486 cadastros ainda estão em análise devido a problemas no registro, como inconsistências no CPF ou no endereço informado, ou porque ainda precisam de verificação em campo. O MIDR informou que as prefeituras têm até o próximo dia 12 para incluir novas famílias residentes em áreas atingidas pelas enchentes no cadastro para que recebam o auxílio de R$ 5,1 mil.

Força-Tarefa da Defesa Civil Nacional

Para auxiliar na identificação das famílias afetadas pelo desastre climático, o MIDR criou uma força-tarefa da Defesa Civil Nacional para complementar os dados sobre a inundação e liberar o pagamento do Auxílio Reconstrução às famílias com cadastros em análise.

Desde segunda-feira, 28 municípios gaúchos estão recebendo a força-tarefa da Defesa Civil Nacional. Na semana passada, outros 30 municípios com o maior número de casos de inconsistências nos cadastros das famílias receberam a visita de técnicos, com o objetivo de destravar o pagamento do benefício.


  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • clarão—970×90
  • 970×90 (3)
  • BANNER UNICRED 2
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)