Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • clarão—970×90
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • globalway (1)
  • BANNER UNICRED 2
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • 970×90 (3)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494

Inauguração do Centro Humanitário de Acolhimento Recomeço ocorre hoje em Canoas

O espaço foi planejado para garantir atendimento humanizado a famílias que perderam suas casas nas enchentes de abril e maio no Rio Grande do Sul


Por Pablo Bierhals Publicado 04/07/2024
Ouvir: 00:00
FOTO 180×720 – 2024-07-04T075651.751
Foto: Joel Vargas/Ascom GVG

Nesta quinta-feira (4), às 9h, o governo do Estado do Rio Grande do Sul inaugura o Centro Humanitário de Acolhimento (CHA) “Recomeço” em Canoas, na Região Metropolitana. Este espaço foi criado para oferecer atendimento humanizado às famílias que perderam suas casas nas enchentes ocorridas em abril e maio.

Localizado na avenida Guilherme Schell, nº 10.470, próximo à passarela da Refinaria Alberto Pasqualini (Refap), o Centro Recomeço possui 126 casas modulares, proporcionando abrigo para aproximadamente 630 pessoas. A infraestrutura inclui banheiros, refeitório, lavanderia coletiva, berçário, fraldário, posto médico, policiamento 24h, espaços multiuso, e áreas para crianças e animais de estimação. O Centro também oferece serviços de água, saneamento, energia elétrica e wi-fi gratuito, além de assistência médica e social.

03114339_2140935_GDO

Apoio às Crianças e Atividades de Integração

Crianças no Centro Recomeço receberão apoio psicológico e acompanhamento de psicopedagogos e pediatras especializados em desenvolvimento infantil. Haverá também atividades de integração para promover o bem-estar e a recuperação das famílias afetadas.

Planejamento e Coordenação do Projeto

O projeto foi coordenado pelo Gabinete do Vice-Governador (GVG) e foi concluído em apenas um mês. Faz parte do Plano Rio Grande, que atua em três frentes: ações emergenciais, reconstrução e desenvolvimento futuro.

Colaboração de Diversos Atores

A iniciativa contou com o apoio do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac, que financiou a instalação de estruturas provisórias e gerenciará o Centro através da Agência da ONU para as Migrações (OIM). As casas modulares foram doadas pela Agência da ONU para Refugiados (Acnur), com montagem realizada pelo Exército Brasileiro.

Contribuições da Prefeitura e Empresas Privadas

A Prefeitura de Canoas providenciou as instalações hidrossanitárias e a distribuição de pontos de luz para os ambientes externos, além de auxiliar na prestação de diversos serviços. Empresas privadas como Oi S.A., Whirlpool Corporation, Cordeiro Kids e Movimento União BR também fizeram doações significativas.

Detalhes e Especificações do Centro Recomeço

  • Área total: 30 mil metros quadrados
  • Início das obras: 4 de junho
  • Montagem das unidades habitacionais: 17 de junho
  • Unidades habitacionais: 126 casas de 17 metros quadrados cada, abrigando até 630 pessoas
  • Banheiros: 28 containers com sanitários e chuveiros, incluindo instalações para pessoas com deficiência (PcD)
  • Lavanderia coletiva: 8 máquinas de lavar e secar doadas pela Whirlpool Corporation
  • Refeitório: capacidade para 450 pessoas, oferecendo três refeições diárias
  • Lactário e fraldário: equipado com berços, cadeiras de amamentação e espaço para aquecer mamadeiras
  • Segurança: posto da Brigada Militar 24h/dia, câmeras de monitoramento e vigilância privada
  • Transporte: atendido pela linha de ônibus Morart, com passe livre em vigor nas linhas municipais
  • Posto médico: dois consultórios, sala de atendimento e sala de recuperação
  • Espaço Kids: brinquedos, livros, materiais escolares e apoio psicológico
  • Espaço Multiuso: TV e cadeiras para entretenimento e atividades informativas
  • Espaço para animais: área com divisórias e espaço ao ar livre para os pets
03151202_2141026_GDO

Gestão e Acolhimento das Famílias

A gestão do Centro será realizada pela OIM, que estabelecerá regras de convivência e monitoramento de serviços, além de garantir a alimentação e apoio psicológico aos acolhidos. A entrada das famílias será gradativa, com os primeiros 500 acolhidos chegando até 10 de julho e a lotação total de 630 pessoas até 15 de julho.

Critérios de Adesão e Procedência das Famílias

Os critérios para adesão das famílias incluem a presença de idosos, pessoas com deficiência, gestantes, crianças com transtorno do espectro autista (TEA), e famílias monoparentais. As famílias virão de abrigos como a Universidade Ulbra, Clube Fênix e Sesi Cachoeirinha.

Para mais informações, acesse o site oficial do Governo do Estado do Rio Grande do Sul.


  • 970×90 (3)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • clarão—970×90
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • BANNER UNICRED 2
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Banner-Camaqua_CC 970×90