Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso portal, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com este monitoramento. Leia mais na nossa Política de Privacidade.

  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • globalway (1)
  • 970×90 (3)
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • clarão—970×90
  • BANNER UNICRED 2

Bueiros e drenagem inadequada são causas de alagamentos em Camaquã, aponta estudo de geólogo

O geólogo Luis Carlos Evangelista participou do programa Controle Geral, apresentado por Alvorino Osvaldt e transmitido pela Clic Rádio na manhã deste sábado (22), onde falou sobre o estudo das águas em Camaquã


Por Kathrein Silva Publicado 23/06/2024
Ouvir: 00:00
PNG (44)
Foto: Kathrein Silva/ Clic Camaquã

O geólogo Luis Carlos Evangelista participou do programa Controle Geral, apresentado por Alvorino Osvaldt e transmitido pela Clic Rádio na manhã deste sábado (22), onde falou sobre o estudo das águas em Camaquã.

Evangelista realizou um estudo, através de um contrato com a prefeitura municipal, sobre as enchentes que ocorreram fevereiro e causou problemas no perímetro urbano de Camaquã, principalmente nos bairros Gaúcho, Maria da Graça e Jardim.

O estudo, que teve duração de três meses, tinha por finalidade descobrir o motivo de estar acontecendo inundações em locais da cidade onde antes não ocorria. O trabalho abrangeu também a vistoria de mais de cem pontos.

Um dos diagnósticos dados foi que as bocas-de-lobo e as caixas de passagem não estavam adequadas e que em algumas ruas a drenagem não está adequada. Foram analisados também pontos de esgoto que em alguns locais eram tratados e em outros não eram.

O estudo traz quatro alternativas, a primeira seria uma galeria na rua João Ferreira, a segunda é uma canalização específica só na margem direita do Arroio Duro para coleta do esgoto, a terceira seria um desvio seguido de uma comporta que desaguaria no Banhado do Colégio e a última seria um desvio da canalização que existe na ponte do CTG.

Confira a entrevista completa:


  • Design sem nome – 2024-02-06T154143.111
  • 970×90 (3)
  • globalway (1)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (7)
  • clarão—970×90
  • Design sem nome – 2024-02-29T143231.335
  • BANNER UNICRED 2
  • Banner-Camaqua_CC 970×90
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (8)
  • Faça uma visita na Rua General Zeca Netto, 970 – no centro de Camaquã ENTRE EM CONTATO (51) 9 9368-4947 (9)
  • Design sem nome – 2024-02-29T112346.494