Polícia

Criança de 11 anos era estuprada pelo padrasto na frente da irmã recém-nascida

Durante operação da Polícia Civil, três estupradores foram presos em Esteio
Por: Elias Bielaski | Publicado: 23/10/2021 às 17:21 | Alterado: 30/10/2021 às 00:50 | Fonte: Agência GBC
Foto: Polícia Civil/Divulgação
Foto: Polícia Civil/Divulgação

Nesta quinta-feira, 21 de outubro, a Polícia Civil a Operação Isis, em Esteio. O objetivo era prender criminosos acusados de abuso sexual em crianças e adolescentes. Três bandidos foram presos.

Receba as notícias do Clic pelo WhatsApp <

Um dos presos é um homem de 52 anos. Ele estuprou a enteada de 11 anos.

A vítima foi abusada na frente da irmã, uma bebê recém-nascida, filha do criminoso.

Já um homem de 52 anos, também preso preventivamente, abusou da enteada e uma amiga dela.

As vítimas tinham dez e oito anos, respectivamente.

Inscreva-se no canal do Clic no YouTube <

Mas os crimes não pararam por aí. Uma menina de sete anos, amiga de suas filhas, também foi abusada.

O terceiro preso, um homem de 46 anos, abusou de duas sobrinhas dele.

As irmãs, de oito e 12 anos, contaram que o crime acontecia quando a avó delas se ausentava de casa.

Elas demoraram quatro anos para denunciar o crime pois tinham medo do investigado.

Baixe agora o aplicativo da ClicRádio <

Segundo a delegada Luciane Bertoletti, que investigou os casos, esse tipo de delito acontece, na grande maioria das vezes, dentro de casa e no círculo de amigos, vizinhos e parentes, o que torna a comunicação do crime e a sua investigação complexa.

O diretor da 2ªDPRM, delegado Mario Souza, explica que o envolvimento de pessoas próximas das vítimas nos crimes sexuais contra crianças e adolescentes, tem grande incidência.

Contudo, a Polícia Civil, aprimora a investigação continuamente, se qualificando no tema.

Diante dessa realidade, é muito importante a participação da população, trazendo, ainda que anonimamente, o que viu, ouviu ou sofreu, para o estado poder agir, protegendo a vítima e levando os autores ao sistema judicial.

Assista a transmissão do Prêmio Prime 2021 <

deixe seu comentário