Polícia

Polícia prende acusados pela morte do camaquense Pablo Nunes

Dupla foi presa acusada de homicídio doloso; eles são acusados de envolvimento na morte do camaquense Pablo Nunes, de 35 anos; relembre o caso
Por: Elias Bielaski | Publicado: 20/10/2021 às 17:53 | Alterado: 27/10/2021 às 21:30 | Fonte: Polícia Civil
Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação
Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação

Nesta quarta-feira, 20 de outubro, a Polícia Civil deflagrou mais uma etapa da operação “LIARS”, visando a elucidação do delito de Homicídio praticado no dia 20/08/2021. A investigação busca solucionar o homicídio de Pablo Nunes, de 35 anos.

Clique aqui e vote no Prêmio Prime 2022 <

Durante a manhã, a Polícia prendeu dois homens acusados por homicídio doloso. Na oportunidade, Pablo foi alvejado no rosto, vindo a falecer.

A investigação, coordenada pela Delegada Vivian Sander Duarte, logrou identificar os autores do crime, prendendo-os preventivamente.

A ação contou com cinco agentes policiais em duas viaturas.

No começo de outubro, um jovem de 18 anos foi preso, suspeito de envolvimento no crime.

Concorra a um rancho do Macro Atacado Krolow <

Pablo foi morto por disparo de arma de fogo quando separava uma briga ocorrida junto a uma praça, localizada entre a rua 3 de Outubro, a travessa Porto Alegre e a avenida José Loureiro da Silva.

Com forte ligação com o futebol, a vítima tinha ligação com a equipe do IFAEPA.

Ele também era conhecido como peão laçador, adepto da prática do laço. Pablo deixou esposa e quatro filhos.

O crime

A briga ocorreu na "Pracinha do Alvorada", localizada entre a rua 3 de Outubro, a travessa Porto Alegre e a avenida José Loureiro da Silva.

Clic Camaquã anuncia Troféu Elas por Elas <

A Brigada Militar foi acionada e informou que, ao chegar ao ponto da denúncia, não encontrou ninguém.

Segundo a Brigada, populares que estavam no local levaram Pablo ao Pronto Socorro (PS) do Hospital Nossa Senhora Aparecida (HNSA). 

Na sequência, a Brigada recebeu a confirmação de que a vítima deu entrada no PS.

Pouco tempo depois, a Brigada recebeu nova informação de que Pablo não havia resistido aos ferimentos, vindo a óbito.

Receba as notícias do Clic pelo WhatsApp <

A Polícia Civil segue investigando o caso.

deixe seu comentário