Boca no Trombone

Moradores pedem alteração de projeto da duplicação da BR-116 em Camaquã

Moradores do bairro São Luiz pedem que rua Nereu José Centeno seja mantida em mão dupla para evitar transtornos
Por: Elias Bielaski | Publicado: 15/10/2021 às 14:54 | Alterado: 22/10/2021 às 15:07

Moradores do bairro São Luiz iniciaram nesta semana um abaixo-assinado pedindo alteração um ponto do projeto da duplicação da BR-116 em Camaquã. Eles pedem que a rua Nereu José Centeno seja mantida em mão dupla para evitar com que seja necessário um retorno de cerca de 7km para se deslocar entre o bairro e o trevo de acesso norte da cidade.

Clic Camaquã anuncia Troféu Elas por Elas <

O bairro São Luiz fica no lado inverso da rodovia com relação ao Centro e demais bairros da cidade.

No projeto atual da duplicação, será necessário com que os moradores se desloquem até o retorno, localizado pouco após o Distrito Industrial, para conseguir ir para o Centro da cidade, por exemplo.

O pedido é que a rua Nereu José Centeno, em toda sua extensão, seja mantida em mão dupla.

Esse trecho vai da rua Roberto Emílio Kruger, a principal rua do bairro, até a entrada da ERS-350, rodovia que liga Camaquã à Arambaré.

Receba as notícias do Clic pelo WhatsApp <

Confira trecho do abaixo-assinado:

"Além de configurar dano permanente, eventual supressão de um dos sentidos da rua Nereu José Centeno levaria insegurança à vida da comunidade de moradores que reside entre as ruas Roberto Emilio Kruger e Josino Lacerda (conforme destacado na fotografia), por falta de infraestrutura das respectivas vias para suportar o tráfego contínuo de veículos e, em especial, de caminhões.

Por essas razões, solicitamos máxima atenção e a adoção das providências necessárias para que as obras de duplicação da rodovia BR-116 não sejam realizadas sem que se garanta a conservação, no local, de acesso/retorno junto à rótula da entrada da cidade, sendo a medida que melhor cumpre este objetivo a manutenção da Rua Nereu José Centeno com duplo sentido, em respeito às características da localidade e como forma de garantir adequada mobilidade."

Concorra a um rancho do Macro Atacado Krolow <

O documento é assinado por moradores e comerciantes do bairro. Na manhã desta sexta-feira, 15 de outubro, o programa Bom Dia Camaquã recebeu Vitor Hugo Lindenau, morador do bairro e comentarista do programa.

Ele falou sobre a preocupação dos moradores e garantiu que está sendo articulada ajuda de vereadores, deputados e autoridades competentes para que o pedido chegue ao Ministério da Infraestrutura.

Assista a entrevista completa:

Clique aqui e vote no Prêmio Prime 2022 <

deixe seu comentário